Tag Archives: escola

Docinho: a nova droga assusta pais e professores nas portas das escolas

Published by:

Atenção para quem tem filhos adolescentes, Nova droga chegando!!!!!. Está sendo vendida nas escolas, e os alunos chamam de docinho. Alertem seus filhos, divulguem. Essa droga dissolve na língua e tem sabor para atrair aos jovens crianças e adolescentes. Acompanhe de perto, veja as bolsas, faça uma análise do comportamento de seus filhos. Nesse momento, você pai, e você mãe, é o melhor amigo de seu filho ou filha. 

Nesta quarta-feira (18), esses mesmos relatos também começaram a circular através das redes sociais, alertando sobre o uso do entorpecente nas escolas. A mensagem afirma que pais e professores estão preocupados, devido à facilidade de acesso e aquisição. A redação do site resolveu apurar para saber se realmente esta mensagem se tratava de uma noticia verídica ou se tratava de mais hoax nas rede sociais.

Conforme o apurado pela redação trata-se de uma nova droga comercializada principalmente em festas eletrônicas. O “docinho” é uma droga sintética similar ao LSD, frequentemente associado e vendido em festas eletrônicas, essa droga dissolve na língua e tem sabor para atrair as crianças e adolescentes. 

Essa é uma droga perigosa, da família dos ácidos lisérgicos, o LSD, que é a sigla de Lysergsäurediethylamid, palavra alemã para a dietilamida do ácido lisérgico, que é uma das mais potentes substâncias alucinógenas descobertas no mundo e com grande poder de criar dependência.

O nome do entorpecente é devido ao formato de bombom e suas cores bastante vibrantes. 


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas para o WhatsApp: (69) 9987-6863 para envio. Não se esqueça de se identificar.


Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO

Documentário: Pro dia nascer feliz

Published by:

Documentário: Pro dia nascer feliz (Brasil) – João Jardim, 2006

O documentário de João Jardim Pro dia nascer feliz, de 2006, é um dos raros filmes que retratam com delicadeza e sensibilidade a cruel realidade da vida dos adolescentes nas escolas. 

O filme descreve o cotidiano de jovens em escolas em quatro escolas brasileiras. Em Pernambuco, São Paulo, Duque de Caxias e no Rio de Janeiro, todas elas são públicas. Há também uma escola particular da cidade de São Paulo , em um bairro de elite. João Jardim também mostrar um outro estabelecimento de ensino, não nomeado, mas que o espectador pode percebe que é uma instituição para adolescentes em conflito com a lei. 

O sofrimento, a solidão, os medos e os sonhos desses adolescentes são narrados por suas próprias vozes, em depoimentos emocionantes, assim como a batalha de quem trabalha, com pouquíssimos recursos, em um sistema historicamente defeituoso no que diz respeito à educação brasileira.

O blog é aberto a todos, mesmo que você não concorde, sinta-se livre para expressar suas opiniões sobre a respeito do filme.


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas para o WhatsApp: (69) 9987-6863 para envio. Não se esqueça de se identificar.


Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO 

Pergunta que eu respondo: Criança fora da escola e o conselho tutelar

Published by:

Bom dia Olá sou conselheiro tutelar compareceu no Conselho Tutelar um pai alegando que seu filho de 10 anos está fora da escola. Como conselheiro tutelar liguei imediatamente para a secretária de educação do município para obriga a rápida inclusão do aluno no ensino fundamental. A responsável pelo atendimento me informou que o pai não solicitou a matrícula do adolescente à central de vagas, nem à escola, que são os caminhos normais para a admissão do aluno. O que deve ser feito neste caso? 

Olá conselheiro o Conselho Tutelar não pode ser acionado sem que antes o munícipe tenha comparecido ao serviço do qual necessita. O Conselho Tutelar não substitui outros serviços públicos (não foi com esse objetivo que foi criado) e só deve ser acionado se houver recusa de atendimento à criança e ao adolescente. ou seja o pai leva a criança ao posto de saúde (UPA) e o médico não o atende, vai matricular a criança na escola e não há vaga, liga para a polícia, pois a criança está sendo espancada, e ninguém atende ao chamado. Estes são alguns dos casos em que o Conselho Tutelar deve ser acionado.

É preciso lembrar que o conselheiro tutelar por si só não pode ordenar a quem quer que seja fazer qualquer coisa. Em primeiro lugar, é importante saber que as determinações são de um conselho, cujas decisões são tomadas pela maioria ou consenso. É um conselho para evitar que arbitrariedades sejam cometidas individualmente. Somente após deliberação é que o conselho requisita o serviço, se houver omissão no atendimento. É comum alguns serviços aceitarem a imposição individual de pessoas (conselheiros, chefes de serviço, juízes, promotores) sem embasamento legal.

Não se pode aceitar, portanto, qualquer abuso de poder, passível de denúncia para a abertura de inquérito ou processo civil ou criminal, conforme o caso. Não é demais lembrar que ninguém é obrigado a fazer ou deixar de fazer algo senão em virtude de uma lei (artigo 5º, II da constituição federal 1988).


Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO 

Pergunta e Resposta: Lista de Materiais escolares

Published by:

A escola do meu filho enviou uma lista de materiais de uso coletivos e indicou uma livraria para comprá-los. Isto é correto?

Segundo a lei 12.886/2013 diz que é nula a cláusula contratual que obrigue o contratante ao pagamento adicional ou ao fornecimento de qualquer material escolar de uso coletivo dos estudantes ou da instituição.

Veja a lei 12.886/2013 na integra:

LEI Nº 12.886, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2013.

Acrescenta § 7° ao art. 1° da Lei no 9.870, de 23 de novembro de 1999, dispondo sobre nulidade de cláusula contratual que obrigue o contratante a pagamento adicional ou a fornecimento de qualquer material escolar de uso coletivo.

A PRESIDENTA DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1° O art. 1° da Lei no 9.870, de 23 de novembro de 1999, passa a vigorar acrescido do seguinte § 7°:

“Art. 1° ………………………………………………………………

………………………………………………………………………….

Será nula cláusula contratual que obrigue o contratante ao pagamento adicional ou ao fornecimento de qualquer material escolar de uso coletivo dos estudantes ou da instituição, necessário à prestação dos serviços educacionais contratados, devendo os custos correspondentes ser sempre considerados nos cálculos do valor das anuidades ou das semestralidades escolares.” (NR)

Art. 2º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Brasília, 26 de novembro de 2013; 192° da Independência e 125° da República.

DILMA ROUSSEFF

José Eduardo Cardozo

Aloizio Mercadante

Material de uso coletivo deve ser comprado pela própria escola e seu custo deve compor as mensalidades escolares. Nunca deve ser cobrado do aluno. O material de uso coletivo é aquele que não pertence a um aluno específico, não é individual. Envelopes, resmas de papel, giz, tintas, lápis, cola, etc. são materiais de uso coletivo e portanto não podem ser cobrados.

Os materiais de higiene em geral, como sabonetes, xampus, copos, etc., e de uso individuais como cadernos, medicamentos, desde que devidamente etiquetados, podem ser pedidos pela escola. Mas mesmo esse tipo de solicitação não deve ter exigência de marcas, fornecedores, ou livraria específica. A escolha deve ser livre e realizada pelo consumidor.

A única exceção a esta regra são as apostilas, que devem seguir a norma pedagógica adotada pela escola. A sugestão é contactar a direção da escola. Caso a situação não seja resolvida, o Procon ou um advogado de sua confiança pode lhe orientar.


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas para o WhatsApp: (69) 9987-6863 para envio. Não se esqueça de se identificar.

Kombi dos Fotógrafos e a Suspeita de tráfico de órgãos ganha as redes sociais

Published by:

Imagens meramente ilustrativa

Imagens meramente ilustrativa

Segundo o boato que começou através do aplicativo WhatsApp que passou para rede social Facebook uma van, marca Volkswagen, modelo Kombi, prestando serviços fotográficos a crianças e adolescentes na cidade de Vilhena, de que as pessoas que está com esse veículo são suspeitas de fazerem tráfico de órgãos, e que a Polícia Federal (PF) estava percorrendo escolas da cidade pedindo que tanto as crianças, quanto seus responsáveis, ficassem alerta.

Não se sabe se esse caso é verídico, mas em apenas quatro dias o boato ganhou uma enorme repercussão no Cone Sul e no Estado de Rondônia.

A repercussão foi tamanha que no último sábado, 29 de novembro de 2014, FOTO-CAN-CAPA-300x233uma van cujas características não coincidem com as da Kombi foi presa pela Polícia Militar (PM) do município de Colorado do Oeste que levarão moradores da região ficaram preocupados a ponto de disseminar a informação da prisão dos suspeitos.

Diversos site de notícia do estado de Rondônia e milhares de compartilhamentos já foram feitos, e dezenas de pessoas que utilizam as redes sociais disseminaram o boato.

Guangue do palhaçoE até mesmo da circulação do veículo pelo interior do estado. E teve muitos internautas dizendo que viu a Kombi passar em seu bairro, e pela sua cidade e muitos estão dizendo terem sido abordados pelos fotógrafos que ofereceram seus serviços.

Será que é mais uma Lenda Urbana como A Gangue do Palhaço que Aterrorizou o Brasil e a grande São Paulo em meados na década de 90, até o momento a Kombi dos Fotógrafos não passa de boatos, porem canja de galinha e precauções não faz mal ninguém.

Que os pais e autoridades fique atentos para com as crianças na idade escolar, pois não sabemos se é apenas um boato ou realmente verdade a respeito do tráfico de órgãos.


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas para o WhatsApp: (69) 9987-6863 para envio. Não se esqueça de se identificar.


Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO 

O clube do imperador

Published by:

O clube do imperador

Baseado no texto The Palace Thief, de Ethan Canin, O Clube do Imperador conta a história de William Hundert, um professor apaixonado pelo trabalho que tem sua vida pacata e controlada totalmente mudada quando um novo estudante, Sedgewick Bell, chega à escola. Porém, o que começa como uma terrível guerra de egos acaba se transformando em uma profunda amizade entre professor e aluno, a qual terá reflexos na vida de ambos nos próximos anos.

Carrie, a Estranha

Published by:

Carrie, a Estranha Sissy Spacek é uma menina estranha, vive isolada com a mãe e não consegue socializar-se na escola, onde é constantemente ridicularizada pelos colegas, até a humilhação máxima no baile de formatura. o que eles não sabem é que ela tem poderes paranormais e vai canalizar todo seu ódio vingando-se. primeira adaptação de um livro de Stephen King no cinema, dirigido por Brian DePalma e com astros como John Travolta e Amy Irving novinhos na tela.