Guedes quer cobrar R$ 490 bilhões dos grandes devedores da Previdência

O Ministro da Economia, Paulo Guedes, está promovendo um projeto para agilizar a cobrança de grandes devedores da Previdência Social. A soma da dívida chega a R$490 bilhões, e a estimativa, com o programa, é de que pelo menos R$160 milhões sejam recuperados. A proposta ainda não foi para a Câmara dos Deputados, mas Guedes pretende acelerar o envio para, consequentemente, acelerar os processos de cobrança.

O reembolso será recolhido principalmente de grandes devedores da Previdência, sendo que aqueles que devem menos de R$25 mil terão flexibilização para realizar o pagamento. A proposta do Ministro da Economia pretende combater o argumento em desfavor da reforma da Previdência, que afirma que o governo não cobra seus grandes devedores e cria obstáculos na aposentadoria dos trabalhadores.

Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional estima a dívida previdenciária em R$ 432,9 bilhões, com uma taxa de crescimento de 15% ao ano. Entre os maiores devedores em atividade estão o frigorífico JBS [R$ 2,4 bilhões], a Associação Educacional Luterana do Brasil [R$ 1,7 bilhão] e a Marfrig [R$ 1,1 bilhão]. Mas em outros casos a cobrança é inviável como das falidas Varig [R$ 3,9 bilhões] e a Vasp [R$ 1,9 bilhão]. Os 100 maiores devedores devem R$ 50 bilhões. Esse argumento contra a reforma e o “grande capital”, portanto, não basta para adiar a Reforma da Previdência. 

Clica aqui e veja os Maiores devedores da Previdência.

About Redação da Revista JusRO

Revista Jurídica JusRO proporcionando desde 2008 um espaço dinâmico para a divulgação de noticias jurídicas, artigos jurídicos, trabalhos acadêmicos, roteiros de aulas. Torne-se um seguidor, contribua e participe você também!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *