Category Archives: Utilidade Publica

Transtorno de Espectro Autista

Published by:

O que sao TDPs e TEAs?

O termo TDP, ou Transtorno de Desenvolvimento Pervasivo, é utilizado para descrever certos problemas de desenvolvimento. Os TDPs são chamados de transtornos de “espectro” pois cada criança apresenta sintomas que diferem em intensidade, variando de leve a bastante grave. Porém, todas as crianças com TDP possuem algum grau de dificuldade nas seguintes áreas:

Habilidades sociais: compartilhar emoções, entender como as pessoas estão se sentindo, expressar empatia ou manter conversações; Comunicação: Tanto verbal quanto não verbal, tais como apontar, gesticular e fazer contato visual (olhar nos olhos); Comportamentos ou interesses: tais como repetir palavras ou ações, brincar com coisas de uma forma incomum (girar objetos, enfileirar brinquedos) ou insistir em seguir rotinas ou cronogramas rígidos.

Existem cinco TDPs: Transtorno Autista, Transtorno de Desenvolvimento Pervasivo — Não Especificado (TDP-NES), Síndrome de Asperger e outros distúrbios com menor freqüência: Síndrome de Rett e Transtorno Desintegrativo da Infância (TDI).

TDP

Transtorno de Espectro Autista

Como você pode ver pelo diagrama, o Transtorno Autista, a Síndrome de Asperger e o TDP-NES (algumas vezes chamado de autismo atípico) estão incluídos na categoria de Transtornos de Espectro Autista (TEAs).

Transtorno Austista ou Autismo é caracterizado por dificuldades em todas as três áreas (comunicação, habilidades sociais e comportamento — vide acima). Síndrome de Asperger é caracterizada por habilidades de linguagem relativamente boas e dificuldades em interações sociais e manter conversações. Uma criança com Síndrome de Asperger pode também ter interesses intensos ou restritos e/ou comportamentos problemáticos. TDP-NES descreve uma pessoa que se enquadra em alguns, mas não todos os critérios de autismo ou possui sintomas mais leves em uma ou mais áreas.

Os especialistas de seu filho podem usar termos levemente diferentes para descrevêlo. Mas mesmo quando os profissionais não utilizam esses termos da mesma forma, geralmente concordam que uma criança se encaixa em um diagnóstico mais amplo de TEA.

Transtornos de Desenvolvimento Pervasivo menos freqüentes

Síndrome de Rett é um transtorno de desenvolvimento que começa com desenvolvimento inicial normal e é seguido por perda de habilidades motoras, uso especial das mãos, e movimentos distintos das mãos, tais como torcer as mãos, regressão em habilidades e crescimento retardado. Transtorno Desintegrativo da Infância começa com um desenvolvimento normal até a idade de 3 ou 4 e é seguido por perda grave de comunicação, habilidades sociais, motoras e de brincar.

Como é tratado o Autismo?

Os tratamentos mais recomendados para crianças com Transtornos de Espectro Autista (TEAs) começam o mais cedo possível apos o diagnóstico e incluem muitas horas de trabalho individual com a criança. O médico de seu filho e outros especialistas recomendarão um plano específico para as necessidades de seu filho.

Nas terapias “ABA” e “Floortime,” duas das abordagens educacionais mais comumente utilizadas para crianças com TEA, os provedores trabalham passo a passo com a criança para desenvolver habilidades de linguagem, sociais e de brincar. A maioria dos professores e terapeutas treinados utilizam uma combinação da abordagem bastante estruturada da ABA e dos métodos interativos, de brincar, e altamente afetivos Floortime. Fornecemos a seguir uma descrição geral de cada abordagem:

Análise Comportamental Aplicada (ABA) desenvolve novas habilidades e elimina comportamentos difíceis ao dividir as tarefas em pequenos passos. Essa abordagem é especialmente eficaz para chamar a atenção de crianças difíceis de se alcançar.

DIR/Floortime (Abordagem com base em relacionamento, diferença individual e desenvolvimento) inclui rotinas altamente motivadoras relacionadas aos interesses da criança e desenvolve habilidades sociais, de comunicação e de brincadeira através de interações lúdicas cada vez mais complexas. Abordagens semelhantes incluem Suporte Transacional, Regulamentação Emocional, Comunicação Social (SCERTS), Tratamento e Educação de Crianças Autistas e com problemas de comunicação relacionados (TEACCH) e Intervenção para Desenvolvimento Relacional (RDI).

Além dessas abordagens, a maioria dos programas para crianças com TEA utiliza ferramentas especificas, tais como:

Terapia de fala-linguagem, que ajuda a criança aprender a entender e expressar-se através da linguagem. Intervenções totais de comunicação, que envolvem o uso da linguagem, vocalizações, imagens e gestos, assim como linguagem de sinais e o Sistema de Comunicação de Troca de Imagem (PECS) – qualquer meio que uma criança possa utilizar para se comunicar. Terapia ocupacional, fisioterapia e terapia de integração sensorial, que se concentra nas habilidades motoras finas (mãos e dedos) e grossas (musculares), e necessidades sensoriais. Apoios comportamentais positivos, os quais minimizam comportamentos difíceis através da recompensa para comportamentos apropriados, reações e conclusão de tarefa.

Profissionais da área médica podem também implementar as seguintes terapias:

Medicação. Não existe uma medicação especial para TEA. Alguns medicamentos podem ajudar com sintomas como hiperatividade, ansiedade, comportamentos compulsivos, atenção ou agressão. Peça conselho de seu médico sobre qual ou quais medicamentos podem ser adequados para seu filho e se os benefícios são maiores que qualquer risco ou efeito colateral associado ao medicamento.

Terapias biológicas, que incluem dietas especializadas ou restritas, suplementos nutricionais e vitaminas. Consulte seu médico para determinar se tais abordagens são comprovadamente seguras e eficazes.

Fonte: Autism Support Network

 

Campanha: Pessoas Desaparecidas

Published by:

Assine e ajude-nos a mudar!

Somente através da luta pelos nossos direitos e buscas por respostas legítimas que podemos mudar conceitos nesse país.

Somente através da união de forças e na busca por soluções de problemas, podemos realmente lutar e buscar resultados efetivos.

Você tem 2 formas de nos ajudar a mudar a triste realidade das famílias de pessoas desaparecidas no Brasil; o assunto é sério e não pode cair no esquecimento!

1. Assinatura eletrônica – Clique aqui, preencha seus dados corretamente e ajude-nos na mudança!

Por favor, preencha todos os dados corretamente. Caso contrário, sua assinatura eletrônica será invalidada!

2. Assinatura em papel – Se você quiser imprimir, colher a assinaturas no seu bairro, escola (somente maiores de 16 anos podem assinar!), faculdade, associação, igreja, comunidade, imprima aqui.

Clique nesse link e assine

PROJETO DE LEI DE INICIATIVA POPULAR PELA PESSOA DESAPARECIDA NO BRASIL. PARTICIPE! PRECISAMOS DE 1.406.464 ASSINATURAS.

desaparecidos-624x479

 

Direitos do Pacientes com cancer

Published by:

TRIBUTÁRIO. MANDADO DE SEGURANÇA. LIQUIDEZ E CERTEZA. PROVA PRÉ-CONSTITUÍDA. IMPRESCINDIBILIDADE DO LAUDO DE AVALIAÇÃO PARA A CONCESSÃO DOS BENEFÍCIOS FISCAIS (IPI E IPVA). PORTADORA DE DEFICIÊNCIA FÍSICA DEFINITIVA. IMPOSSIBILIDADE DE DIRIGIR VEÍCULO CONVENCIONAL.RECURSO DE AGRAVO IMPROVIDO. DECISÃO UNÂNIME.

1 – Devidamente comprovado o direito líquido e certo da impetrante, nos termos da legislação aplicável a matéria, faz-se necessária a concessão do benefício fiscal da isenção tributária.

2 – Tem-se dos autos que a impetrante, em razão do câncer e do tratamento cirúrgico no ombro, tornou-se deficiente física, ficando impossibilidade de ter uma vida normal, inclusive de dirigir veículo comum, conforme atestou o próprio órgão impetrado, através do laudo médico pericial, […] EXAME CLÍNICO: Usuária submeteu-se a mastectomia com esvaziamento ganglionar axilar direito, ocorrendo edema, dor e parestesia ao esforço repetitivo. MONOPARESIA. Sequela definitiva. Parecer: Apta a dirigir veículo automático. Impossbilitada de dirigir veículo convencional.

3 – Recurso de Agravo Improvido.

4 – Decisão unânime.

(TJPE, Agravo de Instrumento n.º 0213246-5/Recife, Sétima Câmara Cível, Rel. Des. Fernando Cerqueira Norberto dos Santos, julgado em 03/08/2010) (sem destaques no original)


Cartilhas Direitos Pacientes 

Direitos Pacientes Câncer


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas, contos, historias e artigos para o WhatsApp: + 55 (69) 9.9987-6863. Não se esqueça de se identificar.

 

Campanha Novembro Azul 2012

Published by:

14 de Novembro dia mundial do Diabetes

Você sabia? 

– O diabetes mata uma pessoa a cada 8 segundos;
– ele é responsável por 1 milhão de amputações ao ano;
– o diabetes não discrimina: pode ocorrer em jovens ou idosos; ricos ou pobres; homens ou mulheres.

O que é?

 O diabetes tipo 1 é uma doença auto-imune caracterizada pela destruição das células produtoras de insulina. Ela surge quando o organismo deixa de produzir insulina (ou produz apenas uma quantidade muito pequena). Quando isso acontece, é preciso tomar insulina para viver e se manter saudável. As altas taxas de glicose acumulada no sangue, com o passar do tempo, podem afetar os olhos, rins, nervos ou coração.

 Já o diabetes tipo 2 possui um fator hereditário maior do que no tipo 1. Além disso, há uma grande relação com a obesidade e o sedentarismo. Estima-se que 60 a 90 dos portadores da doença sejam obesos. Uma de suas peculiaridades é a contínua produção de insulina pelo pâncreas. O problema está na incapacidade de absorção das células musculares e adiposas. Por muitas razões, suas células não conseguem metabolizar a glicose suficiente da corrente sangüínea. Esta é uma anomalia chamada de “resistência Insulínica”. O diabetes tipo 2 é cerca de 8 a 10 vezes mais comum que o tipo 1 e pode responder ao tratamento com dieta e exercício físico. Outras vezes vai necessitar de medicamentos orais e, por fim, a combinação destes com a insulina.

 Há também o diabetes gestacional, que é a alteração das taxas de açúcar no sangue que aparece ou é detectada pela primeira vez na gravidez. Pode persistir ou desaparecer depois do parto.

Sinais e Sintomas:

 – Muita sede;
 – Vontade de urinar várias vezes;
 – Perda de peso;
 – Visão embaçada;
 – Infecções repetidas na pele ou mucosas;
 – Machucados que demoram a cicatrizar;
 – Fadiga (cançaso inexplicável);
 – Dores nas pernas por causa da má circulação.

Em alguns casos não há sintomas. Isto ocorre com maior freqüência no diabetes tipo 2. Neste caso, a pessoa pode passar muitos meses, às vezes anos, até descobrir a doença. Os sintomas muitas vezes são vagos, como formigamento nas mãos e pés. Portanto, é importante pesquisar diabetes em todas as pessoas com mais de 40 anos de idade.

E Também o mês de Prevenção do Câncer de Próstata

Assim como Outubro foi o mês do combate ao câncer de mama, em novembro também lutaremos contra uma doença que possui maior chance de cura se diagnosticada precocemente.

UM TOQUE QUE PODE SALVAR SUA VIDA

Participe com a gente do MOVIMENTO MUNDIAL NOVEMBRO AZUL para prevenção e Combate ao CÂNCER DE PRÓSTATA e do Diabete.

Cidadão poderá sugerir emenda ao Orçamento da União

Published by:

Câmara - Participação Popular - Selo internet - mouse
Qualquer pessoa poderá fazer perguntas pela internet à ministra do Planejamento.

Qualquer cidadão poderá apresentar sugestões e emendas ao Projeto da Lei Orçamentária para 2013 (PL 24/12), que estima a receita e fixa a despesa da União para o próximo exercício financeiro. A possibilidade já está aberta por meio do Portal e-Democracia, que mantém uma comunidade virtual sobre o tema, com o objetivo de incentivar a participação popular no Orçamento. Os interessados poderão enviar sugestões até a votação da proposta pela Comissão Mista de Orçamento, que costuma ocorrer em dezembro.

A participação da sociedade civil no Orçamento da União será um dos temas debatidos em audiência pública da Comissão de Orçamento na próxima terça-feira (30), com a ministra do Planejamento, Miriam Belchior. Quem quiser participar do debate, inclusive formulando perguntas para a ministra, também poderá fazê-lo por meio de uma página específica do e-Democracia. A audiência interativa, que tem o apoio da Coordenação de Participação Popular da Câmara, está prevista para 14h30, no Plenário 2.

“Estamos fazendo um esforço de criar, cada vez mais, mecanismos que facilitem a interação da sociedade com o trabalho legislativo, e o Orçamento é a lei mais importante do País”, destacou o presidente da Comissão de Orçamento, deputado Paulo Pimenta (PT-RS).

Como participar
O cidadão pode apresentar uma sugestão de modificação ao texto, artigo por artigo; ou apresentar uma emenda à despesa. Neste caso, deverá respeitar todo o aspecto técnico que a apresentação de emenda exige, incluindo escolha de órgão, programa, ação, subtítulo, localidade e valor da emenda. A pessoa poderá escolher também o parlamentar para quem essa sugestão de emenda será enviada. É esse deputado ou senador quem vai decidirá incorporá-la ou não à sua própria lista de emendas. Também é possível enviá-la a uma bancada, liderança de partido ou comissão.

Outra possibilidade é participar do espaço de debates. Por meio dessa ferramenta, o participante ingressa em discussões mais gerais sobre alguns temas que têm maior apelo popular. Os temas definidos inicialmente pela equipe do e-Democracia foram: despesas de pessoal; obras e serviços com indícios de irregularidades; e encargos sociais (discussão que engloba os planos de carreira do servidor público).

O portal conta com biblioteca virtual, com todas as informações sobre o Projeto de Lei Orçamentária 2013, incluindo textos em pdf, cronograma de tramitação, notas técnicas e relatórios setoriais.

Experiência pioneira
O chefe da assessoria do Departamento de Comissões da Câmara dos Deputados, Cristiano Ferri, responsável pela gestão do e-Democracia, lembra que no primeiro semestre o portal recebeu sugestões da sociedade civil sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). “Foi um ensaio para avaliarmos como aprofundarmos a participação popular em um tema que é técnico e difícil”, explicou.

Segundo Ferri, em geral, o volume de participação foi ainda pequeno, já que é a primeira vez que a Câmara promove processo participativo sobre o Orçamento. Porém, ele ressalta que alguns temas discutidos por meio do fórum da comunidade tiveram muitas contribuições, como as carreiras dos servidores públicos.

Fonte: Agência Câmara

CARTA ABERTA DE PRINCÍPIOS de Augustus Nicodemus Lopes

Published by:

INTRODUÇÃO

Um dos temas que tem dominado o cenário brasileiro em anos recentes é a questão da corrupção. O termo tem sido usado pela mídia e população em geral para se referirem ao desvio de dinheiro público, irregularidades graves no emprego de verbas governamentais, desvio de funções para vantagens pessoais por parte de servidores públicos, falseamento da verdade para ganhos ilícitos, acordos subterrâneos e pactos ocultos, lavagem de dinheiro, tráfico de influência e outras atitudes e atividades ilegais, imorais e injustas.

Diante desse cenário, é importante destacar o entendimento cristão quanto às causas e conseqüências da corrupção, bem como as atitudes possíveis de combatê-la. Esse é o tema desta Carta de Princípios 2012 da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

CORRUPÇÃO: ORIGENS E ASPECTOS

Definindo a corrupção

O sentido próprio do termo é deterioração ou apodrecimento. Os sentidos secundários derivam dessa idéia original. Toda vez que alguém deixa de cumprir o seu dever estabelecido diante de pessoas, instituições e até mesmo ideais – por interesse próprio ou de terceiros – ocorre a corrupção.

Quase sempre associamos a corrupção aos ambientes estatais. Já em 2005, conforme notícia publicada no Financial Time, o então presidente da Controladoria Geral da União do Brasil, Waldir Pires, afirmava que mais de 20% dos gastos públicos no país são perdidos para a corrupção, o que, somente em 2004, correspondeu a mais de R$ 18,5 bilhões. A mesma reportagem dava conta de que, em auditorias realizadas pela CGU em 741 dos 5.500 municípios brasileiros, escolhidos aleatoriamente, foram descobertas irregularidades graves em 90% deles e algum tido de irregularidade em todos eles.1 Os números atuais da corrupção certamente superam esses dados.

Todavia, a corrupção ocorre também na esfera particular. Há práticas corruptas ao nosso redor, inclusive em nossas próprias ações. Por exemplo: existência de “caixa dois” em empresas ou uso de pessoas como “laranjas” em negócios irregulares, compra e venda de produtos pirateados, uso de “softwares” baixados sem permissão dos seus proprietários, pedido e/ou concessão de notas em atividades escolares, com base em amizades ou outra forma de relacionamento. Por isso, o conhecido “jeitinho” brasileiro é, em uma análise objetiva e séria, simplesmente corrupção.

Os efeitos da corrupção

A corrupção pode parecer ter um lado bom, especialmente para os aparentemente “beneficiados” por ela, contudo não podemos fechar os olhos para o grande mal que ela traz para a sociedade. A corrupção é fator de injustiça social, porque tira os direitos de muitos, impede o desenvolvimento justo e equânime dos cidadãos, produz um efeito cascata que começa no topo e corrompe a população como um todo, anestesia a consciência, afronta a lei e promove a impunidade. Ela também frustra a motivação dos que buscam as recompensas materiais por meios legítimos de conduta, visto o enriquecimento questionável e rápido de alguns.

Além disso, não raramente, a rede de ações corruptas se vale de atitudes violentas para acobertar suas mazelas. Portanto, nada há que realmente justifique a corrupção.

As causas da corrupção

Cremos ser importante refletir sobre as causas da corrupção, pois quando elas são identificadas, há condições de se buscar o remédio adequado.

Geralmente as fragilidades da estrutura político-jurídico-financeira são responsabilizadas como a causa da corrupção estatal. O ministro-chefe da Controladoria-Geral da União, Jorge Hage, disse em pronunciamento durante um evento em 2011 que a corrupção no país decorre principalmente do financiamento privado de campanhas e de partidos, do sistema eleitoral, dos meandros da elaboração do orçamento público e impunidade garantida pelas leis processuais penais.

Embora existam causas externas para a corrupção, não se pode negar que o problema reside, em última análise, no coração das pessoas. A fé reformada vê o próprio coração dos homens como a origem primária da corrupção. A Bíblia afirma que não há sequer uma pessoa justa neste mundo. “Todos pecaram e carecem da glória de Deus” (Romanos 3.23). Jesus Cristo disse que é do coração das pessoas que procedem “maus desígnios, homicídios, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos, blasfêmias” (Mateus 15.19-20).

Na análise feita pela sociedade, é possível perceber a insuficiência de éticas humanistas reducionistas, que analisam apenas aspectos sociológicos e políticos da corrupção. Como resultado, as propostas de “redenção” contemplam apenas medidas repressivas, melhorias na educação, uma melhor legislação, as propostas de determinado partido político ou candidato.

Tais medidas, mesmo sendo necessárias e boas, deixam de contemplar a dimensão pessoal do problema: egoísmo, maldade, avareza, inveja e cobiça.

O protestantismo reformado prega uma conversão interior dos governantes e dos governados a Deus e conclama que todos se arrependam do mal e pratiquem obras de justiça.

Por que a corrupção continua e se fortalece?

Podemos pensar em várias respostas para essa pertinente indagação. A primeira é a sua banalização. Existe hoje maior divulgação dos casos de corrupção e da impunidade dos corruptos que no passado. Ao que parece, isso tem levado a sociedade a certo grau de indiferença quanto à sua gravidade.

Como conseqüência prática, a luta contra esse mal chega a parecer um trabalho inútil.

Em segundo, existe uma sensação pessoal de culpa, a qual leva à cumplicidade e, portanto, ao silêncio. Apesar de as pessoas condenarem os políticos e empresários corruptos, muitas delas também praticam a corrupção na vida pessoal, como, por exemplo, transgredindo as leis dos direitos autorais, praticando o suborno, driblando a legislação tributária, entre outros.

Pelas causas acima, a corrupção acaba sendo vista e consagrada como “um mal sem remédio”. Isso favorece sua prática, alimenta os males que ela gera, conserva a impunidade e fomenta a permanência desse nocivo tipo de atividade. Nas palavras de João Calvino, “a impunidade é a mãe da libertinagem”.

O combate à corrupção

Apesar de estar tão profundamente enraizada no ser humano e na sociedade, a corrupção tem sido combatida em todas as épocas. Nas palavras de Celso Barroso, “tão antiga quanto à corrupção é a luta contra ela; em toda parte se dá valor à integridade, e sempre se deu. Podemos desrespeitar os valores morais, porém não chegamos a negá-los”.

Segundo a visão cristã de mundo, a razão pela qual os seres humanos não conseguem conviver tranqüila e passivamente com a corrupção é porque foram criados à imagem de Deus e porque Deus ainda age neste mundo.

Essa ação de Deus no mundo em geral é chamada de graça comum (concedida a todos). Segundo esse conceito, Deus abençoa toda a humanidade com virtudes e qualidades, independentemente das convicções religiosas das pessoas. Além disso, Deus instituiu os governos não somente para promover a justiça e o bem comum, mas também para punir os malfeitores e os corruptos (Romanos 13).

No Brasil, os principais órgãos responsáveis pelo combate à corrupção estatal, em todos os aspectos, são o Tribunal de Contas da União (TCU) – principal órgão de fiscalização do dinheiro e dos bens públicos, e a Controladoria Geral da União (CGU), órgão que responde pelo Brasil perante a Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção e, com exposição recente mais ampla, o Conselho Nacional de Justiça (CJN), que aflorou o fato de que, infelizmente, nem mesmo os nossos juízes estão imunes à corrupção e seus efeitos danosos.

O combate à corrupção, todavia, cabe também à população. A sociedade deve agir e cobrar medidas públicas contra a corrupção. É preciso reafirmar o repúdio a essa prática, enfatizar a necessidade de transparência nas contas públicas, apoiar as iniciativas civis no combate aos desmandos e promover a ética no trato das questões públicas. Na esfera eclesiástica, em que deveria estar o exemplo, é preciso também repudiar as práticas financeiras desonestas de muitas igrejas.

Diante desse necessário combate, encontramos o papel das universidades confessionais.

O PAPEL DA UNIVERSIDADE CONFESSIONAL

Uma instituição de ensino que se pauta pelos princípios da visão cristã de mundo poderá contribuir de diversas maneiras para que a corrupção seja pelo menos reduzida. Com relação às causas externas, deve incluir o ensino e a transmissão de valores cristãos, tais como: honestidade, integridade, verdade, justiça e amor ao próximo. Somos responsáveis por uma boa mordomia dos recursos que Deus nos confiou.

Esse papel de integração da ética à academia é algo que vem sendo reconhecido até nas instituições de ensino superior sem características confessionais, por razões meramente realistas e práticas. Uma reitora, no contexto da crise européia, que desde 2008 assola o velho mundo, chamou a atenção das universidades para a falta de ética e a aplicação deficiente de práticas saudáveis de negócios. Ela declarou que todos os operadores do sistema financeiro freqüentaram os bancos universitários e provocou o incômodo questionamento: será que não falta maior ênfase na ética de negócios, em nossos currículos? Segundo a reitora, “as instituições têm que assumir a sua quota de ensinamento pela vivência de valores que devem reger uma sociedade de bem”.

Nesse caminho, como instituição confessional, devemos ter um interesse redobrado sobre o entrelaçamento da ética com a formação acadêmica, como uma das armas contra a corrupção de nossa sociedade.

Com relação à causa interna, que é a corrupção da mente e do coração humanos, a instituição confessional cristã deve sempre lembrar aos seus alunos, que somos responsáveis por nossos atos e que não podemos responsabilizar a sociedade, o governo e os outros pelos nossos desvios de conduta. Por fim, deve anunciar, sempre respeitando a consciência de todos, que Deus, em Jesus Cristo, nos oferece perdão pelos nossos desvios e uma mudança interior, dando-nos uma nova orientação e esperança na vida, tendo como alvo amar ao próximo e a Deus. Cultivamos, assim, uma expectativa realista de mudança sabendo que o nosso trabalho não é vão diante de Deus.

CONCLUSÃO

O cristianismo reconhece que não é possível a existência de uma sociedade que seja completamente isenta da corrupção. A nossa esperança é o mundo vindouro, escatológico, a ser inaugurado com o retorno de Jesus Cristo, quando as causas da corrupção serão removidas para sempre. O que não significa que não devamos, com todas as nossas forças, lutar para que os valores do Reino de Deus sejam implantados aqui neste mundo, por meio de uma boa educação integral, que contemple não somente a formação intelectual e profissional, como também a formação de cidadãos éticos e compromissados com os valores morais que servem de base para famílias e sociedades sólidas e justas.

Fonte: Autor: Rev. Dr. Augustus Nicodemus Lopes Chanceler da Universidade Presbiteriana Mackenzie retirado do site: www.ipb.org.br

Hábitos alimentares saudáveis devem começar na infância

Published by:

O que fazer para as crianças consumirem alimentos saudáveis? Como deve ser o preparo da lancheira? Hábitos alimentares corretos são determinantes nesta fase e contribuem para que no futuro as crianças não desenvolvam doenças, como hipertensão, diabetes e obesidade.

Segundo a coordenadora substituta da área técnica de Saúde da Criança e Aleitamento Materno, Tatiana Coimbra, é importante que os pais sejam exemplos para os filhos e evitem alimentos gordurosos, biscoitos e guloseimas. “Temos um grande número de crianças com colesterol alto e sobrepeso. É importante reforçar que dentro de casa, crianças devem ser estimuladas a ter alimentação equilibrada com leite, pães, frutas da época, verduras. O recomendado é reduzir o consumo de frituras e refrigerante durante a semana”, destaca Tatiana.

O período escolar é um momento determinante para os pequenos adquirirem hábitos saudáveis.Para promover hábitos saudáveis em crianças e jovens, os ministérios da Saúde e da Educação trabalham em parceria para fortalecer o Programa Saúde na Escola, que leva médicos e profissionais das Unidades Básicas de Saúde à rede pública de ensino para aconselhamento nutricional e orientação de saúde. Já foram atendidos 12 milhões de estudantes em 56 mil escolas de 2.495 municípios.

 

A coordenadora Tatiana Coimbra ressalta, também, que para os passeios em família, onde está previsto um lanche fora de casa, o ideal é levar frutas, sucos naturais e sanduíches preparados em casa. “Quando isso não é possível, os pais devem dar preferência a alimentos preparados na hora, como carnes grelhadas. Para evitar contaminações, devem evitar hortaliças cruas, dar preferência a verduras cozidas”, ensina.

De acordo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no Brasil, uma em cada três crianças com idade entre 5 e 9 anos estão com peso acima do recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde. Ainda segundo a Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF), os jovens de 10 a 19 anos com excesso de peso passaram de 3,7%, em 1970, para 21,7%, em 2009. A manutenção do peso adequado desde a infância é um dos principais fatores para a prevenção de doenças na fase adulta.

Dez Passos para uma Alimentação Saudável – O Guia Alimentar para Crianças Menores de Dois Anos – Dez Passos para uma Alimentação Saudável, foi elaborado pela coordenação geral de alimentação e nutrição do Ministério da Saúde para os profissionais de atenção básica para orientar às mães e cuidadores quanto à alimentação saudável das crianças brasileiras menores de 2 anos. É importante que a criança desde cedo coma frutas, verduras e legumes variados, para receber maiores quantidades de vitamina, ferro e fibras, além de adquirir hábitos alimentares saudáveis que perduram por toda a vida adulta. O ideal é oferecer duas frutas diferentes por dia, com preferência às frutas da estação, principalmente as ricas em vitamina A, como as amarelas ou alaranjadas e que sejam cultivadas localmente.

Fonte: Gabriella Vieira / Blog da Saúde


Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO

Campanha Outubro Rosa

Published by:

Sintomas do câncer de mama

OUTUBRO ROSA

Recentemente a famosa atriz Christina Applegate removeu os dois seios como medida preventiva contra o câncer de mama. A alta incidência docâncer de mama apavora muitas mulheres. Surgircâncer de mama antes do 35 anos de idade é relativamente raro, porém acima dessa faixa etária a cada ano o risco é maior.

cancer mama

câncer de mama é uma das principais causas de morte em mulheres no ocidente. Estatísticas exibem o aumento de sua incidência nos países desenvolvidos quanto e nos naqueles em desenvolvimento. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), entre as décadas de 1960 e 1970 contatou-se um aumento de 10 vezes nas taxas de ocorrência.

No Brasil, o câncer de mama é o que mais causa mortes entre as mulheres, descubra como prevení-lo.

Sintomas Câncer de Mama

Os sintomas do câncer de mama são o nódulo (tumor) no seio, acompanhado ou não dedor no seio. Podem ocorrer alterações na pele do seio, como abaulamentos ou retrações ou uma aparencia similar à casca de uma laranja. Nódulos na axila, palpáveis,também podem aparecer.

Detecção Precoce

O exame clínico e a mamografia são os meios mais utilizados para a detectar o câncer de mama ainda em seus estágios iniciais. Mas estudos afirmam que muitas vezes o examenão consegue detectar o tumor, diferente do que ocorre com uma ressonância magnética.

Os auto exames são ineficazes e podem aumentar a chance de procedimentos invasivos e dolorosos. [INCA]

Fonte: Hype Science

Cuidado: Falsos E-mails circulando na internet

Published by:

Cuidado esta circulando um falso e-mail que diz ser da Polícia Civil do Ceara, destinado a infectar computadores de internautas. Com o falso remetente “Delegacia Eletrônica da Polícia Civil”  e o “brasão da Policia Civil do Ceara” e o título “boletim de ocorrência registrado para seu CPF”, a mensagem diz que a pessoa que recebeu o e-mail é “acusada” de algum crime, e deve clicar no link “Confira o boletim”.

Nota da Policia Civil do Ceara

Falso e-mail sobre a Delegacia Eletrônica está circulando na Internet.

Alerta de e-mail falso!

Sr. Usuário,

A Polícia Civil não expede intimação por e-mail, por isso, esclarece o Delegado Geral da Polícia Civil do Ceará, Luiz Carlos de Araújo Dantas, que não é de responsabilidade da Polícia Civil os e-mails que estão circulando por meio eletrônico. Esse tipo de conduta caracteriza ação criminosa dos “hackers”. Eles são, na maioria, estelionatários, que agem dessa forma para obterem vantagem econômica ilícita, em prejuízo de incautos cidadãos. Portanto, é preciso ter o máximo de cuidado e não abrir esse tipo de mensagem, que normalmente contém vírus, possibilitando o acesso a dados pessoais das vítimas, causando-lhes, além de constrangimentos, sérios danos. Vale lembrar, ainda, que os falsários tentam induzir a pessoa “intimada” a registrar Boletim de Ocorrência, indicando, assim, seus dados pessoais.

Portanto, é aconselhável, repise-se, que as pretensas vítimas ao receberem esses e-mails não os abram em hipótese alguma. O Delegado Dantas recomenda, ainda, que aqueles que porventura tenham recebido esses e-mails devem procurar a Delegacia mais próxima para Registro de Ocorrência (B.O.). Enfim, informa que providências vêm sendo adotadas por esta Instituição no sentido de coibir esse tipo de delito e responsabilizar os culpados.

Segue abaixo um exemplo de e-mail falso dessa natureza:

Caso receba algum e-mail similar, NÃO clique, em botão ou link algum. Você poderá entrar em contato com a Delegacia Eletrônica pelo telefone (85) 3101-2509 para maiores esclarecimentos. Agradecemos a compreensão de todos. 

Outros falsos e-mail se passando pelo Serasa Experian: Alguns exemplos de e-mail falso que direciona para programas que roubam informações de seu computador. Caso receba algum similar, não clique em botão ou link algum. Encaminhe imediatamente o e-mail para abuse@br.experian.com

Exemplo

 Repasse essa informações a amigos e familiares.