Category Archives: Utilidade Publica

CAMPANHA: A Procura de um Par perfeito

Published by:

Jaqueline Cambui enfrenta a doença há quase dois anos (Foto: Magda Oliveira/G1)

Jaqueline Cambui enfrenta a doença há quase dois anos (Foto: Magda Oliveira/G1)

Quem vê a energia de Jaqueline Cambui de Souza, 2 anos e 10 meses, brincando, não imagina tudo que essa pequena garotinha passa devido a uma Neutopenia severa, diagnosticada há quase dois anos.

A doença diminui o número de neutrófilos no sangue, que protegem o corpo contra infecções.

Segundo a mãe desta pequena garotinha a senhora Ivette Cambui, uma das possibilidades para a cura está no transplante de medula óssea. Por isso, ela iniciou uma campanha pelas redes sociais para incentivar doação medula óssea.

A mãe conta que na última visita a cidade de Curitiba no estado do Paraná, realizada no mês de junho, os neutrófilos de Jaque estavam marcando 43, quando o normal deveria ser 2 mil. Após essa consulta, a médica decidiu colocar o nome de Jaqueline na lista do Registro Nacional de Doares de Medula Óssea (Redome).

(Foto: Reprodução/Facebook)

(Foto: Reprodução/Facebook)

Quais são as chances de Jaque encontra um Par perfeito?

As chances de encontrar uma medula óssea compatível para um paciente como Jaque são raras, podem chegar a uma em cem mil! Por isso, ao se tornar um doador, você está ajudando a diminuir essa distância.

Quem Pode ser um doador de medula óssea?

Qualquer pessoa com idade entre 18 e 55 anos e com boa saúde poderá doar medula óssea.

Como funciona o processo de doação?

O processo de doação é muito simples. Será retirada por sua veia uma pequena quantidade de sangue (10 ml) e preenchida uma ficha com suas informações pessoais. Seu sangue será tipado por exame de histocompatibilidade (HLA), que é um teste de laboratório para identificar suas características genéticas que podem influenciar no transplante. Seu tipo de HLA será incluído no cadastro do Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (REDOME). Quando aparecer um paciente, sua compatibilidade será verificada. Se você for compatível com o paciente, outros exames de sangue serão necessários. Se a compatibilidade for confirmada, você será consultado para decidir quanto à doação. Seu atual estado de saúde será então avaliado.

Como é retirado a medula óssea?

A Medula é retirada do interior dos ossos da bacia, através de punções, e se recompõe em apenas 15 dias. A doação é um procedimento que se faz em centro cirúrgico, sob anestesia peridural ou geral, e requer internação por um mínimo de 24 horas. Nos primeiros três dias após a doação, pode haver desconforto localizado, de leve, que pode ser amenizado com o uso de analgésicos e medidas simples. Normalmente, os doadores retornam às suas atividades habituais depois da primeira semana.

Como fica registrado os dados?

Todos os dados são organizados nos Registros de Doadores de Medula Óssea, cuja função é cadastrar pessoas dispostas a doar. Quando um paciente necessita de transplante, esse cadastro é consultado. Se for encontrado um doador compatível, ele será convidado a fazer a doação.

Para que as pessoas tenham o nome cadastrado no Redome como possível doador, é necessário procurar o hemocentro mais próximo de sua casa para os moradores do estado de Rondônia procurar a Fundação de Hemoterapia do Estado de Rondônia (Fhemeron).

Fonte: com informação Facebook, G1RO e Redome

Curta a página oficial Canal Conselho Tutelar no facebook e indique para seus amigos e familiares.

Como conseguir cadeira de rodas motorizada pelo SUS

Published by:

Para conseguir uma doação de cadeira de rodas motorizada pelo SUS é necessário:

1°- Ir ao posto de saúde mais próximo de sua residência ou outro medico conveniado ao SUS;

2°- Pedir ao médico uma receita determinando a necessidade de ter a cadeira motorizada para livre locomoção;

3°- Com a receita em mãos procure a assistente social do posto de saúde para que ela faça o encaminhamento do pedido de doação de acordo com a lei abaixo apenas essa receita basta, pois de acordo com a constituição a prescrição médica não pode ser descumprida pelo governo.

A liberdade de locomoção é um direito fundamental de primeira geração que se goza em defesa da arbitrariedade do Estado no direito de ingressar, sair, permanecer e se locomover no território brasileiro. Este direito encontra-se acolhido no art. 5, XV, CF onde diz que é livre a locomoção no território nacional em tempo de paz, podendo qualquer pessoa, nos termos da lei, nele entrar, permanecer ou dele sair com seus bens. 

O artigo 23 da Constituição Federal, inciso III, estabelece que é de competência da União; dos Estados; do Distrito Federal e dos Municípios, cuidar da saúde e assistência pública, dar proteção e garantias às pessoas portadoras de deficiência; estabelecendo ainda que leis complementares estabelecerão normas de construção dos edifícios e locais públicos, de fabricação de transportes coletivos, a fim de garantir o acesso adequado às pessoas portadoras de deficiência.  

COORDENAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE – LEGISLAÇÃO FEDERAL ÓRTESE, PRÓTESE E MATERIAIS ESPECIAIS-OPM

1-PORTARIA Nº 116, DE 9 DE SETEMBRO DE 1993 DO 176, DE 15/9/93

O Secretário de Assistência à Saúde, no uso de suas atribuições e, considerando a integralidade da assistência, estabelecida na Constituição Federal e na Lei Orgânica de Saúde (Lei nº 8.080 de 16.09.90);

Considerando que o atendimento integral à saúde é um direito da cidadania e abrange a atenção primária, secundária e terciária, com garantia de fornecimento de equipamentos necessários para a promoção, prevenção, assistência e reabilitação;

Considerando que o fornecimento de órteses e próteses ambulatoriais aos usuários do sistema contribui para melhorar suas condições de vida, sua integração social, minorando a dependência e ampliando suas potencialidades laborativas e as atividades devida diária;

Considerando a autorização estabelecida pela RS nº 79 de 02/09/93 do Conselho Nacional de Saúde, resolve:

1 – Incluir no Sistema de Informações Ambulatoriais do Sistema Único de Saúde – SIA/SUS a concessão dos equipamentos de órteses, próteses e bolsas de colostomia constantes do Anexo Único.

2 – A concessão das órteses e próteses ambulatoriais, bem como a adaptação e treinamento do paciente será realizada, obrigatoriamente, pelas unidades públicas de saúde designadas pela Comissão Bipartite. Excepcionalmente, a referida comissão poderá designar instituições da rede complementar preferencialmente entidades universitárias e filantrópicas para realizar estas atividades.

3 – Caberá ao gestor estadual/municipal, de conformidade com o Ministério da Saúde, definir critérios e estabelecer fluxos para concessão e fornecimento de órteses e próteses, objetivando as necessidades do usuário.

4 – O fornecimento de equipamentos deve se restringir aos usuários do Sistema Único de Saúde que estejam sendo atendidos pelos serviços públicos e/ou conveniados dentro da área de abrangência de cada regional de saúde.

5 – Fica estabelecido que a partir da competência setembro/93, o Recurso para Cobertura Ambulatorial – RCA será acrescido de 2,5 %, destinado ao pagamento das órteses e próteses fornecidas aos usuários.

2 – PORTARIA Nº 1.272, DE 25 DE JUNHO DE 2013

Inclui Procedimentos de Cadeiras de Rodas e Adaptação Postural em Cadeira de Rodas na Tabela de Procedimentos, Medicamentos, Órteses, Próteses e Materiais Especiais (OPM) do Sistema Único de Saúde.

Em maio de 2013 o SUS passou a oferecer cadeira de rodas motorizada, equipada com motor elétrico que pode ser movida por controle remoto, pelo queixo ou boca. Também ofertará a cadeira monobloco, leve e portátil, que possui mecânica favorável à propulsão e manobras em terrenos acidentados. Esse projeto faz parte do Programa do governo federal “Viver sem Limites” que prometia aplicar, até o final de 2014, R$ 7,6 bilhões para atender a população com deficiência, que hoje já ultrapassa os 45 milhões.

Compartilhe essa informação nas rede sociais com amigos, familiares e conhecido.

Referência:

Instituto Sem Barreiras

bvsms.saude.gov.br

A reprodução está autorizada, desde que, citada a fonte (Site JusRO).

Curta e Indique nossa Fan Page JusRO para seus amigos e familiares.

USP lança curso de extensão online que ensina a escrever artigos científicos

Published by:

Para melhorar a qualidade da elaboração de artigos científicos por pesquisadores brasileiros, a  Universidade de São Paulo (USP), líder em produção científica no país, lançou o curso de Escrita Científica.

Formatado para a web e oferecido gratuitamente, o curso tem como objetivo auxiliar pesquisadores e estudantes de pós-graduação na elaboração de artigos de maior relevância acadêmica. 

Clique aqui para acessar a plataforma curso de extensão online

Curta e Indique nossa Fan Page JusRO para seus amigos e familiares.

CAMPANHA : Não desvie o olhar. Fique atento. Denuncie

Published by:

campanha_sdh_2015A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) lança nesta segunda-feira (02/02/2015) a Campanha Nacional pelo Fim da Violência contra Crianças e Adolescentes, durante o carnaval. A partir de hoje, o material de mobilização da campanha já está disponível para download. Acesse aqui.

Com o tema “Não desvie o olhar. Fique atento. Denuncie. Proteja nossas crianças e adolescentes da violência”, o objetivo da campanha é conscientizar as pessoas sobre a importância de prevenir e denunciar possíveis casos de violação de direitos da população infanto-juvenil neste período de grande movimentação turística no Brasil.

“Com o apoio de toda a sociedade vamos fazer desse carnaval, um período de conscientização e defesa dos direitos das crianças e adolescentes”, disse a ministra Ideli Salvatti.

A mobilização do carnaval deste ano abordará o enfrentamento a diversas violações, como violência sexual, maus tratos e negligência. A ação destaca o Disque 100 como o principal canal de recebimento de denúncias sobre violações de direitos humanos do governo federal, além dos conselhos tutelares.

Assessoria de Comunicação Social Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República

Fonte: SDH/PR – Notícia 02/02/2015

O Blog abre espaço caso você amigo leitor tenha outro posicionamento a respeito do texto você pode fazer a Replica do texto, reivindicar seu direito de resposta ou fazer seu comentário. Teremos o maior prazer de publicar o seu texto ou comentário.  

Curta a página oficial Canal Conselho Tutelar no facebook e indique para seus amigos e familiares.

O pai que salvou a filha vítima de bullying e racismo

Published by:

O pai que salvou a filha vítima de bullying e racismoVocê conhece alguém vítima de racismo e bullying? Uma triste realidade que uma criança pode vivenciar quando vai à escola é a existência do bullying. Ele acontece todos os dias e é um grande problema no mundo inteiro. Nos últimos anos, diversas campanhas foram iniciadas para promover o respeito mútuo nas salas de aula. No entanto, os bullies não atuam sempre da mesma forma.

Bradley Knudson, um pai no estado de Minnesota (EUA) descobriu que sua filha estava sendo abusada no Snapchat na véspera de Ano Novo — seus colegas de classe mandavam vídeos pelo aplicativo a chamando de “crioula” e de “gorda nojenta”. Ele não pôde ficar sentado ao ver isso, e foi tomar satisfações.

Primeiro, Knudson gravou os vídeos com outro celular, registrando os rostos dos bullies. Depois, foi ao colégio, onde obteve o endereço e o telefone da residência das crianças. Ele foi ao local, tocou a campainha, ligou para o telefone…e ninguém o atendeu. Bradley, então, teve que chamar a polícia, que forçou o pai das crianças racistas a estabelecer contato com eles. Esse pai – assim como seus filhos – zombou de Knudson e disse: “Qual é o problema em chamar sua filha de ‘crioula’? Eu fazia isso quando era criança por diversão.”

Claramente chocado e indignado, Bradley ainda foi vítima de perseguição desse pai, que deixou diversas provocações por mensagens de voz o chamando de “perdedor” e “amante de neguinha”. Nesse momento, Bradley sentiu, pela segurança da própria filha – pois soube de um filho de um casal amigo que se matou aos 13 anos por conta do bullying – que devia tomar uma medida mais séria.

Ele postou o vídeo abaixo no YouTube esse mês, que já conta com mais de 6 milhões de visualizações. No vídeo, ele explica toda a história, mostra o rosto das crianças racistas, a voz do pai racista, assim como o seu nome e a cidade onde ele vive.

As crianças foram repreendidas na escola desde o lançamento do vídeo. E o pai agressor foi demitido de seu emprego por usar linguagem imprópria direcionada à filha de Bradley, e por tentar intimidar o pai da vítima. A polícia continua a investigar e monitorar o caso.

Após o sucesso do vídeo, a família de Deron Puro, o pai racista, emitiu uma nota pedindo desculpas a todos os envolvidos e alegando que Deron é um alcoólatra viciado em remédios para dor. A carta alega que Deron foi internado para tratar seu vício e que está profundamente arrependido.

Fonte: Com informação Macaco Velho

_____________________________________________________

O Blog abre espaço caso você amigo leitor tenha outro posicionamento a respeito do texto você pode fazer a Replica do texto, reivindicar seu direito de resposta ou fazer seu comentário. Teremos o maior prazer de publicar o seu texto ou comentário.  

Curta a página oficial Canal Conselho Tutelar no facebook e indique para seus amigos e familiares.

Fique Rico: Casa, comida e roupa lavada no exterior

Published by:

O Tráfico Humano ou tráfico de pessoa é das atividades ilegais que mais se expandiu no século XXI, pois, na busca por melhores condições de vida, muitas pessoas são iludidas por criminosos que oferecem empregos com alta remuneração. 

CANALA definição aceita internacionalmente para tráfico de pessoas encontra-se no Protocolo Adicional à Convenção das Nações Unidas contra o Crime Organizado Transnacional relativo à Prevenção, Repressão e Punição do Tráfico de Pessoas, em especial de Mulheres e Crianças (Palermo, 2000), instrumento já ratificado pelo governo brasileiro.

Segundo o referido Protocolo, a expressão tráfico de pessoas significa:“o recrutamento, o transporte, a transferência, o alojamento ou o acolhimento de pessoas, recorrendo-se à ameaça ou ao uso da força ou a outras formas de coação, ao rapto, à fraude, ao engano, ao abuso de autoridade ou à situação de vulnerabilidade ou à entrega ou aceitação de pagamentos ou benefícios para obter o consentimento de uma pessoa que tenha autoridade sobre outra para fins de exploração.

Fonte: Justica.gov


O blog é aberto a todos, mesmo que você não concorde, sinta-se livre para expressar suas opiniões no espaço de comentário logo abaixo. 

Lembrando: Para evitar problemas jurídicos o Site JusRO não aceitará qualquer tipo de Comentários Ofensivos, por mais ‘inocentes’ que sejam contra qualquer tipo de pessoa, instituições ou Grupo Religiosos.


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas, contos, historias e artigos para o WhatsApp: + 55 (69) 99987-6863. Não se esqueça de se identificar.


Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO 

Menina de 12 anos anuncia seu casamento com senhor de 37 para o dia 11 de outubro

Published by:

“Olá! Meu nome é Thea e tenho 12 anos. Eu vou me casar em um mês!”. Essa foi a maneira que uma campanha viral começou em um suposto blog pessoal de uma jovem norueguesa. Na história a jovem iria se casar com um homem de 37 anos no neste sábado, 11 de outubro de 2014. A suposta cerimônia gerou comoção pública no país.

O blog que em menos de um dia se tornou o mais lido da Noruega foi compartilhado por milhares de cidadãos nas redes sociais. O que se revelou mais tarde é que, na verdade, o site pessoal de Thea, fazia parte de uma campanha internacional para denunciar casamentos forçados de meninas com homens mais velhos.  No mundo, cerca de 39 mil jovens enfrentam essa situação.

No dia da primeira postagem, fotos da menina experimentando o bolo do casamento e escolhendo o vestido de noiva foram compartilhadas em seu blog pessoal.

O dia 11 de outubro, foi escolhido para fazer a campanha, pois o 11 de outubro é o Dia Internacional das Meninas, reconhecido pela ONU, todas as denúncias serão compartilhadas na página do evento criada para o ‘casamento’, no Facebook.


O blog é aberto a todos, mesmo que você não concorde, sinta-se livre para expressar suas opiniões no espaço de comentário logo abaixo. 

Lembrando: Para evitar problemas jurídicos o Site JusRO não aceitará qualquer tipo de Comentários Ofensivos, por mais ‘inocentes’ que sejam contra qualquer tipo de pessoa, instituições ou Grupo Religiosos.


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas, contos, historias e artigos para o WhatsApp: + 55 (69) 99987-6863. Não se esqueça de se identificar.


Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO 

Campanha Outubro Rosa incentiva diagnóstico precoce do câncer de mama

Published by:

Outubro Rosa 1O câncer de mama é primeira causa de mortes frequentes por câncer em mulheres e a quinta causa de morte por câncer em dados gerais, segundo Organização Mundial da Saúde. Esse tipo de câncer é uma doença causada pela multiplicação anormal das células da mama, que forma um tumor maligno. Quando descoberto no início, o câncer de mama tem cura. É o câncer mais temido pelas mulheres, pois além da alta frequência da doença, os efeitos psicológicos em relação à sexualidade e à imagem pessoal também são pontos que afetam.

Como detectar precocemente

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), as formas mais eficazes para detecção precoce do câncer de mama são o exame clínico da mama e a mamografia. Para o controle do câncer de mama, é recomendado que as mulheres realizem exames periodicamente, mesmo que não tenham alterações. É necessário que a mulher conheça o próprio corpo e caso veja alguma alteração, já procure atendimento médico, pois o exame das mamas realizado pela própria mulher não substitui o exame físico realizado por profissional de saúde em atendimento hospitalar qualificado para essa atividade. O diagnóstico precoce aumenta a chance de cura do câncer de mama.

O exame clínico das mamas é o procedimento onde o médico ou enfermeiro observa e apalpa as mamas da paciente na busca de nódulos ou outras alterações e deve ser realizado conforme as recomendações técnicas do Consenso para o Controle do Câncer de Mama.

A mamografia é a radiografia da mama que é capaz de mostrar lesões em fase inicial e até muito pequenas (milímetros) e assim, permite a detecção precoce do câncer de mama. Segundo o INCA, o exame é realizado em um aparelho de raio X apropriado, o mamógrafo. Nesse aparelho, a mama é comprimida de forma a fornecer melhores imagens, e, portanto, melhor capacidade de diagnóstico. O desconforto provocado é discreto e suportável.

Outubro Rosa

Outubro Rosa

O mês de outubro é conhecido como Outubro Rosa e é marcado por ações do Ministério da Saúde e de diversos órgãos e entidades que intensificam os esforços pela detecção precoce do câncer de mama. São 31 dias dedicados a reflexões e ações sobre o tema, mostra os avanços já conquistados e também o desafio para vencer o câncer que atinge um grande número de brasileiras por ano.

O Outubro Rosa foi criado no início da década de 90, mesma época em que o símbolo da prevenção ao câncer de mama, o laço cor-de-rosa, foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York (EUA) e, desde então, promovido anualmente em diversos países.

No Brasil, a primeira iniciativa em relação ao Outubro Rosa ocorreu em 02 de outubro de 2002, com uma inusitada intervenção artística. O Obelisco do Ibirapuera, local conhecido em São Paulo e originalmente chamado de monumento mausoléu do Soldado Constitucionalista, recebeu no dia uma iluminação cor-de-rosa. A iniciativa de iluminar o obelisco em homenagem ao Outubro Rosa foi de um grupo de mulheres simpatizantes com a causa do câncer de mama com o apoio de uma empresa europeia de cosméticos. E o governo brasileiro, através do INCA, passou a integrar a mobilização do outubro rosa a partir de 2010.

Dados

O câncer da mama é o que mais acomete as mulheres em todo o mundo. Em 2013, estimaram-se para o Brasil 52.680 casos novos da doença, com uma projeção de risco de 52 casos a cada 100 mil mulheres. Em quatro das cinco regiões brasileiras, o câncer de mama é o tipo mais comum entre as mulheres, sem considerar os tumores de pele (não melanoma): Sudeste (69/100 mil), Sul (65/100 mil), Centro-Oeste (48/100 mil) e Nordeste (32/100 mil). Na Região Norte, é o segundo tumor mais incidente (19/100 mil), ficando atrás do câncer do colo do útero (23/100 mil).

Fonte: Blog da Saúde

Aplicativo ajuda a combater a violência contra crianças no Brasil

Published by:

Um novo aplicativo criado pelo Unicef, o Fundo das Nações Unidas Para a Infância e Adolescência, está ajudando a combater a violência contra crianças no Brasil. Só no primeiro semestre deste ano, a Secretaria Nacional dos Direitos Humanos recebeu quase 50 mil denúncias de agressões, uma média de 271 por dia, quase 11 por hora.

O aplicativo Proteja Brasil dá as principais características de cada tipo de violência, o telefone e o endereço dos lugares de onde se pode buscar ajuda. Até agora, 30 mil pessoas baixaram a ferramenta. Dessas, quatro mil fizeram ligações pedindo ajuda.

“Ele pode não atuar na prevenção da violência, mas ele vai atuar na restituição dos direitos e, efetivamente, pode servir para salvar uma vida. Exige uma mudança de comportamento e uma conscientização de que crianças e adolescentes têm direitos que devem ser respeitados por todos”, alerta Fabiana Gorenstein, oficial de Proteção da Criança da Unicef.

A negligência é o principal tipo de violência contra a criança. Segundo o Disque 100, serviço da Secretaria Nacional dos Direitos Humanos da Presidência da República, no primeiro semestre deste ano, a central telefônica recebeu quase oito mil denúncias de casos de negligência. Cinco mil e quinhentos eram de violência psicológica, cinco mil de violência física, duas mil de violência sexual e 700 de exploração do trabalho infantil.

O local onde a violência mais ocorre é a casa da vítima e do suspeito, mas há também registro de agressões em lugares inesperados como escolas, hospitais, delegacias de polícia e até em ônibus.

Os números mostram que cidadão não está fechando os olhos para o problema. Os casos denunciados são encaminhados para os órgãos de proteção à crianças ou adolescentes e, dependendo da situação, eles passam a ser monitorados.

Fonte G1.com

CAMPANHA: Companhia de cinema e Fundação Abrinq lançam vídeo da campanha

Published by:

O que não cabe na boca de uma criança não cabe no mundo

O que não cabe na boca de uma criança
não cabe no mundo

No último 18 de maio, Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, a Companhia de Cinema e a Fundação Abrinq – Save the Children lançaram o filme “O que não cabe na boca de uma criança não cabe no mundo”. Produzido pela Companhia de Cinema e criado e dirigido pela Duecapi, a peça retrata de forma simples e objetiva o que jamais deveria rodear e muito menos existir no universo infantil.

“Certas palavras não cabem na boca das crianças e não deveriam nunca fazer parte da vida delas. Faça você a sua parte! Fique atento à violação de direitos de crianças e adolescentes. Denuncie, disque 100!”, orienta Denise Cesario, gerente de Programas e Projetos da Fundação Abrinq – Save the Children.

Com apenas 30 segundos de duração, é possível sentir o impacto de certas palavras pronunciadas por crianças, como trabalho infantil, genocídio e estupro, ilustrando a presença de tais abusos na infância no Brasil.

O Disque Direitos Humanos recebeu em 2013 35.091 denúncias de violência sexual de criança e adolescente no Brasil, sendo 7.217 de exploração sexual. No Estado de São Paulo, foram 4.264 e, dessas, 752 foram de exploração sexual e 06 de exploração sexual no turismo. Além disso, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD) também de 2012, indica que 3 milhões e meio de crianças e adolescentes, com idade entre 5 e 17 anos, continuam sujeitos ao trabalho infantil.

A campanha tem como objetivo promover a conscientização em prol das crianças no Brasil, além de mobilizar a sociedade a dar atenção especial para o dia 18 de maio e envolver todos – família, escola, sociedade, governos, instituições de atendimento e imprensa – com o compromisso de cada um a fazer a sua parte no enfrentamento da violência sexual e promover as condições para o desenvolvimento saudável das crianças.

Para denunciar qualquer forma de abuso, a orientação é simples. Discar 100 e, assim, colaborar para a defesa dos direitos da criança e do adolescente.

A fim de divulgar ainda mais a causa, a campanha será divulgada com abrangência nacional na web, TV e cinema. Usuários do Facebook,Instagram e Twitter são convidados a espalhar a campanha com a hashtag #NAOcabenomundo   No Instagram, eles ainda podem tirar uma foto com as mãos na frente da boca, aplicar o efeito preto e branco e postar a imagem com a frase: O que não cabe na boca de uma criança #NAOcabenomundo #Disque100

Sobre a Companhia de Cinema

A Companhia de Cinema é dirigida pelos sócios Maria João Calheiros e Rodolfo Vanni – diretor de cena que traz em sua carreira vários prêmios, incluindo um Caboré. A produtora atua no mercado publicitário desde 1984.

Já produziu mais de 2.500 filmes e conquistou mais de 120 prêmios entre Festival de Cannes, Profissionais do Ano, Voto Popular, Latin Spots, Colunistas, Fiap, Festival de Nova York, Wave Festival e Clio Awards.

O time de diretores da produtora é formado por Rodolfo Vanni, Jeff Chies, Martin Toro, Denise Costa e a dupla “Due Capi” (Fábio Menezes e Simone Colombo). Sempre atuando no mercado publicitário, a companhia de cinema lançou em 2013 a Companhia de Conteúdo, focada em entretenimento, conteúdo para TV, cinema, videoclipes, internet e novas mídias.

A produtora tem estúdio próprio, estrutura de pós-produção e equipamentos de luz. 

Sobre 18 de maio

A data de 18 de maio, instituída como Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, pela Lei Federal 9.970/00, é uma das conquistas do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), com o objetivo de mobilizar toda a sociedade a participar dessa luta.

Foi criado em 1998, quando cerca de 80 entidades públicas e privadas reuniram-se na Bahia para o 1º Encontro do ECPAT (End Child Prostitution, Child Pornography And Trafficking of Children for Sexual Purposes) Brasil, organizado pelo CEDECA/BA (Centro de Defesa da Criança e do Adolescente). A data marca o crime bárbaro que chocou o país em 18 de maio de 1973, em Vitória-ES, e ficou conhecido como o “Crime Araceli”.

Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que foi raptada, drogada, estuprada, morta e carbonizada por jovens de classe média alta. Esse crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune.

O Que Não Cabe na Boca de uma Criança, Não Cabe no Mundo

Ficha técnica

Direção e Criação: Duecapi
Produção e Realização: Companhia de Cinema
Produção Executiva: Maria João Calheiros e Waguinho La Bella
Direção de Fotografia: Roberto Santos Filho e Adriano Vanni
Assistente de Produção Executiva: Claudia Mirisola
Direção de Produção: Ana Paula Grande
Assistente de Produção: Mariana Khuri
Técnico de Som: André Freitas Rasfilms
Trilha Sonora: Croácia
Edição: Duecapi
Finalização: Companhia de Cinema
Elenco: Cauã Gonçalves Pereira, Eduardo Ruiz Teodoro Alves Marques, Fernanda Yumi Vital Noda, Fernando Povoa Santos, Gabrielly Roberta Silva Moura, Giulia Yumi Velasquez Kina, Grazielly Rebeca Silva Moura, Larissa Morales Lopes Nunes, Maria Clara Torres Ferraz, Vittorio Luiz Gava de Souza

(Com informações de www.comitenacional.org.br)

Fonte: Fundação Abrinq – Save the Children