Category Archives: Nossos aplausos

Prefiro ser chamado de doutor do que de senhor

Published by:

O cantor e compositor de 70 anos recebeu a carteira da OAB quarenta anos depois de formado. Formado em direito, na década de 70, pela Universidade Federal de Pernambuco, o cantor Alceu Valença. Alceu é filho de promotor, seu sonho de menino era ser juiz: “Eu queria ser isento para olhar as provas e os argumentos”. A música tomou o lugar da toga.

O cantor recebeu das mãos dos presidentes das seccionais da OAB do Rio de Janeiro e do Pernambuco, Felipe Santa Cruz (RJ) e Ronnie Duarte (PE), a carteira de advogado reconhecida pela instituição com a inscrição 211911 do Conselho Seccional do Rio de Janeiro, o evento simbólico aconteceu na ultima quarta-feira (05) no Teatro Rival no Rio De Janeiro – RJ.

Na época em que se formou, o exame da ordem dos advogados não era obrigatório e, por já estar vivenciando sua carreira e sucesso no campo da música, Alceu Valença não havia realizado o requerimento do registro até então. O Cantor Alceu Valença gosta do tratamento que se costuma empregar com advogados: “Prefiro ser chamado de doutor do que de senhor”, agora pode se chamado de Dr. Alceu Paiva Valença com a OAB-RJ 211911.


O Blog é aberto a todos, mesmo que você não concorde, sinta-se livre para expressar suas opiniões no espaço de comentário logo abaixo. Lembrando: Para evitar problemas jurídicos o Site JusRO não aceitará qualquer tipo de Comentários Ofensivos, por mais ‘inocentes’ que sejam contra qualquer tipo de pessoa, instituições ou Grupo Religiosos.


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas, contos, historias e artigos para o WhatsApp: + 55 (69) 9.9987-6863. Não se esqueça de se identificar.

Mãe desconfia de filho e faz descoberta impressionante

Published by:

Josette Duran de Albuquerque, moradora da cidade do Novo México, nos últimos dois meses percebeu que o filho dela estava levando mais comida do que o usual para a escola. Ela fica desconfiada e não entendia o motivo dele levar comida extra para escola, mas fazia o que seu filho pedia: uma refeição extra para o almoço no colégio. Até que descobriu que o apetite do filho não havia aumentado. Era um gesto de bondade que o garoto fazia diariamente. Dylan estava dando almoço para um coleguinha que só tinha chá em casa para se alimentar.

A mãe, ao descobrir, ficou orgulhosa da atitude do filho e continuou a embalar duas refeições. O gesto ficou oculto até que o diretor da escola descobriu e marcou uma reunião entre os pais dos garotos. A mãe do menino que estava sendo ajudado quis então retribuir a gentileza. “Eu sei que não é muito, mas eu só tenho como retribuir trabalhando. Não tenho como pagar por você estar alimentando meu filho”, disse a mãe. Josette recusou a oferta da mãe do garoto. A boa ação tomou conta de toda a escola e motivou os jogadores do time de vôlei do colégio a juntar U$ 400 dólares – quase R$ 1.300 – para ajudar a mãe do garoto nas despesas.

Que atitude deste garoto possa nos motiva ajuda o próximo sem recompensa sem espalhar que esta ajudando alguém como o mandamento que Cristo nos deixou que esta escrito em Mateus 6: 2-4 “Por essa razão, quando deres um donativo, não toques trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas, nas sinagogas e nas ruas, para serem glorificados pelos homens. Com toda a certeza vos afirmo que eles já receberam o seu galardão. Tu, porém, quando deres uma esmola ou ajuda, não deixes tua mão esquerda saber o que faz a direita. Para que a tua obra de caridade fique em secreto: e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará.”

Fonte: Com informação Yahoo Noticias Foto: Arquivo Pessoal


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas, contos, historias e artigos para o WhatsApp: + 55 (69) 99987-6863. Não se esqueça de se identificar.

Uma resposta do Conselho Tutelar ao Disque 100

Published by:

UMA RESPOSTA DO CONSELHO TUTELAR AO DISQUE 100 DENUNCIA SOBRE “ADOLESCENTES EMBRIAGADOS EM UMA SUPOSTA FESTA” EM ALGUM LUGAR DO BRASIL…

O Conselho Tutelar de __________ informa que de pronto ao recebimento analisou a “denúncia” supracitada, e informa que o Poder Familiar e seus encargos previsto na Lei Federal 8069/90, artigo 22, são exercidos pelo pai e pela mãe de igual forma como estabelecido no artigo 21 da citada Lei.

Informa ainda que as atribuições legais do órgão Conselho Tutelar estão previstas no artigo 95, 136, 194 do mesmo dispositivo legal.

Informa ainda que a atribuição da fiscalização de tais eventos são de competência da equipe técnica do Poder Judiciário do município previstas nos artigos 150 e 151 do ECA. Esse técnico é o Comissário da Infância da Juventude e do Idoso, ou Agentes de Proteção.

Porém sempre que somos acionados de acordo com que dispõe Lei Municipal XXX/XX em nossos plantões através dos aparelhos de telefonia móvel, este colegiado delibera sobre as medidas protetivas cabíveis a cada caso e requisita aos órgãos encarregados pela execução das políticas públicas municipais os devidos serviços nos termos do artigo 136, Inciso III, alínea a) do ECA, além de atendermos também aos pais e responsáveis nos termos do artigo 136, Inciso II do ECA, e aplicamos as medidas previstas no artigo 129, sempre após deliberação do colegiado de plantão naquele dia.

No caso em tela, a atuação de fiscalizar o evento é do Comissariado, e aos adolescentes que estavam na rua ingerindo bebidas incumbi a seus pais os deveres previstos no artigo 22 do ECA, já citado anteriormente.

Este Conselho não recebeu do Hospital Municipal xxxxxxxxxxxxx “NOTIFICAÇÃO COMPULSÓRIA” ou seja, informação sobre o caso como determina artigo 13 do ECA.

Sem mais, renovamos protestos da mais elevada estima e distinta consideração.

Atenciosamente,

COLEGIADO DO CONSELHO TUTELAR DE xxxxxxxxxxxxx
LEI FEDERAL 8069/90 – LEI MUNICIPAL xxx/xx”

Nossos aplausos a este colegiado 👏👏👏👏👏👏 👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏

Fonte: Recebemos essa resposta via WhatsApp não sabemos de quem é autoria.


O blog é aberto a todos, mesmo que você não concorde, sinta-se livre para expressar suas opiniões no espaço de comentário logo abaixo. 

Lembrando: Para evitar problemas jurídicos o Site JusRO não aceitará qualquer tipo de Comentários Ofensivos, por mais ‘inocentes’ que sejam contra qualquer tipo de pessoa, instituições ou Grupo Religiosos.


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas, contos, historias e artigos para o WhatsApp: + 55 (69) 99987-6863. Não se esqueça de se identificar.


Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO 

Leonid Rogozov médico que operou a si mesmo por apendicite

Published by:

Em 1959, Leonid Rogozov graduado em medicina foi imediatamente aceito para fazer a residência como cirurgião. No entanto, os seus estudos foram postergados por algum tempo devido à viagem à Antártida em setembro de 1960 como médico da expedição soviética à estação Novolazarevskaya.

Durante esta expedição aconteceu um evento que fez com que o médico de 27 anos se tornasse famoso no mundo todo.

No 4º mês do inverno, Leonid apresentou sintomas inquietantes: fraqueza, náuseas, febre e dor na região ilíaca direita. No dia seguinte, sua temperatura subiu ainda mais. Sendo o único médico na expedição composta por 13 pessoas, Leonid diagnosticou a si mesmo com apendicite aguda.

Não havia aviões em qualquer das estações mais próximas, além disso, as condições meteorológicas adversas não permitiriam de forma alguma sair dali. A fim de salvar o membro doente da expedição polar era necessária uma operação de urgência e a única saída era operar a si mesmo.

Na noite de 30 de abril de 1961, o cirurgião foi auxiliado por um engenheiro mecânico e um meteorologista. Um entregavam a ele os instrumentos cirúrgicos necessários e ou outro segurava um pequeno espelho sobre sua barriga para que melhor enxergasse.

O médico fez uma anestesia local com solução de novocaína seguida de uma incisão de 12 centímetros na região ilíaca direita com um bisturi. Entre a visão do espelho e o tato ele removeu o apêndice inflamado e injetou antibiótico na cavidade abdominal. Mas não foi nada fácil, 30 ou 40 minutos após o início da operação Leonid sentiu um incipiente desmaio com o formigamento e vertigem que percorreu todo seu corpo obrigando o cirurgião a fazer algumas pausas para descanso.

No entanto, à meia-noite a operação com duração de 1 hora e 45 minutos havia terminado. Cinco dias depois a temperatura normalizou em dois dias os pontos foram retirados.

Em São Petersburgo, Museu do Ártico e na Antártida há uma exposição dos instrumentos cirúrgicos usados por Leonid Rogozov naquela operação.

Para Meditação:

…Sê forte e corajoso; não temas, nem te espantes, porque o SENHOR, teu Deus, é contigo por onde quer que andares. Josué 1:9

[Cântico de romagem] Elevo os olhos para os montes: de onde me virá o socorro? O meu socorro vem do SENHOR, que fez o céu e a terra. Ele não permitirá que os teus pés vacilem; não dormitará aquele que te guarda. É certo que não dormita, nem dorme o guarda de Israel. O SENHOR é quem te guarda; o SENHOR é a tua sombra à tua direita. Salmos 121:1-5

E qual foi o legado de Rogozov? Inspiração, reflete Vladislav.

“Se você se deparar com uma situação desesperadora, onde a sorte parece conspirar contra você, mesmo que esteja no ambiente mais hostil, não desista. Lute pela vida.”

Fonte:

www.facebook.com/HistoricasImagens 


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas para o WhatsApp: + 55 (69) 99987-6863 para envio. Não se esqueça de se identificar.


Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO 

Coreografia de PMs sobre drogas vira hit nas rede sociais

Published by:

O vídeo que mostra três policiais militares do Tocantins cantando e fazendo a coreografia do Proerd (programa educativo da PM contra as drogas) virou hit nas rede sociais. A gravação já ultrapassou 1,2 milhão de visualizações nas redes sociais. Apesar da repercussão positiva, muitos internautas fizeram piadas e criticaram a iniciativa dos PMs de Tocantins. 

Veja o vídeo do salto e logo abaixo:


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas para o WhatsApp: (69) 9987-6863 para envio. Não se esqueça de se identificar.


Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO 

Juiz condena homem a pagar R$ 1 por “ofender” o PT

Published by:

Em uma decisão recheada de ironias, um juiz do interior de São Paulo condenou um homem a indenizar em R$ 1 o diretório do Partido dos Trabalhadores em Piracicaba. Segundo o juiz Eduardo Velho Neto, da 1ª Vara Cível de Piracicaba, esse é o valor devido diante da “injusta” publicação do cidadão, que, no espaço de cartas de um jornal, declarou-se cansado de pagar impostos aos “meliantes do PT”.
O partido acionou à Justiça contra o autor do texto, e o juiz ironizou: “As inverdades por ele propagadas são abusivas e caluniosas (…) o Partido dos Trabalhadores é o único partido, quer em âmbito nacional ou mesmo Internacional, que tem, dentro seus filiados, a única alma pura existente na face da terra“.
O caso teve início em outubro de 2014, quando o Jornal de Piracicaba — que tem grande circulação na cidade — publicou carta de um morador que reclamava da existência de um frigorífico próximo a uma área residencial, que causava um mau cheiro na região. Ao final de seu texto, o morador afirmou: “Creio que o cheiro de enxofre (do inferno) seja mais palatável que essa diabrura que aflige gente sem pecado e que, com toda certeza, são dignos trabalhadoras e trabalhadores que estarão um dia no Paraíso Celeste, já que como paga de tanto sofrimento, pagam impostos destinados a meliantes pertencentes ao PT”.
Carta
A nota causou indignação no PT. Para o diretório local, a carta foi ofensiva ao chamar os filiados da sigla de meliantes e por acusar o partido de ser o responsável pelo problema do frigorífico, sendo que a cidade não é administrada por integrante do PT.
O cidadão, representado pelos advogados Cláudio Castello de Campos Pereira e Roberto Gazarini Dutra, do Castelo de Campos Advogados Associados, afirmou que não houve ofensa ao diretório de Piracicaba. Em sua defesa, apontou que a nota se referia ao PT nacional, no qual há partidários envolvidos em escândalos e atos criminosos, sendo alguns já condenados.
Ao analisar o caso, o juiz definiu indenização de R$ 1 para o diretório local do partido. “Ouso também dizer que o PT em momento algum participou de tratativas criminosas e abusivas, quer por si, quer por seus mesmos ou filiados, acrescentando que, em momento algum, o Partido dos Trabalhadores teve qualquer membro de sua tesouraria , cargos de direção, ou qualquer tipo de filiado, preso ou conduzido coercitivamente por Autoridade Policial Nacional“, afirmou.
Leia a decisão:
O objeto desta demanda é a apuração de responsabilidades por parte do requerido quando da publicação no “Jornal de Piracicaba”, na seção “carta do leitor”, dos dizeres constantes de fls. 76, mais exatamente na parte final deste quando, após reclamações sobre o mau odor exalado por um frigorífico localizado nesta cidade, o leitor, ora requerido, testifica que “como paga de tanto sofrimento, pagam ainda impostos destinados a meliantes pertencentes ao PT”.
O texto é claro e não deixa margem para dúvida. Também é incontroverso.
No mesmo sentido, em ironia “ouso dizer” , que também “não existe controvérsia de que “o PT sempre foi um partido que lutou pelos interesses dos trabalhadores.”
“Ouso também dizer” que o “PT sempre esteve à frente dos interesses da nação em detrimento de outros escusos interesses”.
“Ouso também dizer” que o “PT em momento algum foi notícia ou motivo de comentários, reportagens, alusões, fofoca, boatos, etc…..relacionados a fatos escusos, escabrosos….Etc….”
“Ouso também dizer” que o “PT em momento algum participou de tratativas criminosas e abusivas, quer por si, quer por seus mesmos ou filiados, acrescentando que, em momento algum, o Partido dos Trabalhadores teve qualquer membro de sua tesouraria , cargos de direção, ou qualquer tipo de filiado, preso ou conduzido coercitivamente por Autoridade Policial Nacional”.
“Ouso também dizer” que o “Partido dos Trabalhadores é o único partido, quer em âmbito nacional ou mesmo Internacional, que tem, dentro seus filiados, a “única alma pura existente na face da terra”.
Por todos estes fatos, argumentos e fundamentos, tenho que cabível o reconhecimento do direito do autor à indenização pleiteada, isto porque ficou demonstrado que o requerido “falseou os verdadeiros fatos”.
Diante disto, entendo deva o mesmo ser condenado ao pagamento da importância de R$ 1,00 (um real), importância esta que entendo devida em função da “injusta” publicação feita pelo autor, isto porque, as “inverdades por ele propagadas” são “abusivas e caluniosas”

Fonte:  Conjur


Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO 


Curta e Indique nossa Fan Page JusRO para seus amigos e familiares

Aposentado aos 82, pega carteira da OAB e pretende abrir escritório de advocacia quando terminar a pós

Published by:

Aos 82 anos, o aposentado e agora Doutor Antônio Simão de Castro viaja 320 km (ida e volta), entre Piracicaba (SP), onde mora, e São Paulo, duas vezes por semana, para terminar sua pós-graduação em direito trabalhista. Na semana passada, ele ganhou o direito de ser advogado: conseguiu sua carteira da Ordem dos Advogados Brasileiros (OAB), depois de oito reprovações no exame de ordem.

Mesmo com a idade avançada, Dr Castro nem pensa em parar e, assim que se formar, em fevereiro do ano que vem, quer abrir seu escritório de advocacia em Piracicaba.

“Eu me sinto jovem, jamais vou pensar na velhice e, muito menos, em parar. Ainda tenho muito o que viver e aprender. Quero ser um bom advogado e estou me preparando para isso.”

Dr Castro diz que, para cursar sua pós, todas as terças e quintas-feiras ele sai de casa às 14h e volta às 2h da manhã do dia seguinte. “Às vezes enfrento o metrô lotado, mas não desanimo. O importante é adquirir conhecimento para atender aos clientes que virão. Lutei arduamente para chegar até aqui e quero trabalhar”, diz.

Aos 72 anos, decidiu estudar direito

A vida do novo advogado Dr Castro nunca foi fácil. Ele nasceu em Patos de Minas (MG), e começou a trabalhar na roça com os pais desde muito cedo, colhendo algodão, arroz e feijão. Somente aos 14 anos, foi sentar na cadeira de uma sala de aula pela primeira vez. Aos 18 anos, mudou para São Paulo, onde terminou o ensino fundamental e decidiu parar de estudar.

“Eu mudei para São Paulo sozinho, em busca de uma vida melhor. Comecei a estudar e trabalhar. Vi que não seria fácil e parei os estudos no ensino fundamental”, conta.

Mesmo após abandonar os estudos, ele continuou buscando novas oportunidades profissionais na capital paulista. Depois de sete anos como cobrador de ônibus, prestou concurso e, com o pouco que sabia, entrou para o funcionalismo público como escriturário do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Mas, algum tempo depois, apesar da estabilidade, decidiu não se acomodar, descobriu que ganharia mais trabalhando como revisor de grandes jornais na capital. “Não pensei duas vezes, larguei tudo”, diz.

Castro se aposentou em 1982 como revisor da Imprensa Oficial do Estado e resolveu voltar para o interior. Mudou para uma chácara em São Pedro (192 km de São Paulo). Em 2005, aos 72 anos e depois de ver os filhos bem encaminhados, decidiu voltar a estudar, com o apoio deles.

“Eu terminei o ensino médio e comecei a fazer cursinho para passar no vestibular. Entrei em 13º lugar para a faculdade de direito da Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul, mas recebi uma bolsa do Prouni (Programa Universidade para Todos) para cursar direito no Instituto de Ensino Superior de Bauru (SP). Decidi ficar no Estado de São Paulo e me dediquei ao máximo”, comenta.

Dr Castro concluiu o curso em dezembro de 2010. Desde então, enfrentou dificuldades para passar no exame de ordem. Foram quatro anos, seis cursinhos e oito reprovações. Mesmo assim, nunca pensou em desistir.

“A cada reprovação, eu me sentia mais motivado a estudar e tentar de novo. Agora, o que eu mais quero é terminar minha pós e exercer minha profissão. Não importa o que você faça, tem que fazer bem feito”, diz.

Fonte: com informação Do Economia UOL, em Campinas (SP)


Curta e Indique nossa Fan Page JusRO para seus amigos e familiares.

Juiz manda intimar parte de processo por ZapZap

Published by:

O juiz de Direito Dr João Valério Silva Neto da Comarca de Presidente Médici Rondônia, município a cerca de 400 quilômetros da Capital Porto Velho, decidiu inovar na hora de intimar as partes para o cumprimento de uma ação de execução e determinou que a autora do processo fosse encontrada por meio do aplicativo WhatsApp, usado para a troca de mensagens via telefone celular.

O magistrado alegou que o juizado tem como princípios a celeridade e informalidade e, por isso, não reconheceu nada que impedisse o ato. A autora da ação foi localizada.

Dr João Valério Silva Neto intima se por zapzap

“Não sendo apresentados embargos, intime-se a autora pelo meio menos oneroso e rápido (e-mail, telefone, WhatsApp…) para que apresente número de conta bancária”, disse o juiz João Valério Silva Neto, no despacho da ação do Juizado Especial Cível.

O artigo 2º da lei nº 9.099, de 26 de setembro de 1995 diz que os princípios do juizado são a celeridade, informalidade e oralidade.

“Art. 2º O processo orientar-se-á pelos critérios da oralidade, simplicidade, informalidade, economia processual e celeridade, buscando, sempre que possível, a conciliação ou a transação. (lei nº 9.099/95)”.

O artigo 19 da lei nº 9.099/95 diz que os atos processuais poderá ser feitas na forma prevista para citação, ou por qualquer outro meio idôneo de comunicação. E o paragrafo 3° do art. 18 lei nº 9.099/95 diz que o comparecimento espontâneo suprirá a falta ou nulidade da citação.

intimação zapzap

Processo nº: 1000137-07.2013.8.22.0006
 
Clique aqui para ver o despacho do Juiz de Direito Dr João Valério Silva Neto

Curta e Indique nossa Fan Page Portal Couto Lex’s para seus amigos e familiares.

 

Menino de 5 anos se torna o funcionário da Microsoft

Published by:

Aos cinco anos de idade, Ayan Qureshi fez história ao passar no teste do Certificado Profissional da Microsoft. O garoto inglês de família paquistanesa acaba de se tornar o funcionário mais jovem do mundo na gigante empresa de computação.

Consultor de Tecnologia da Informação, Asim – pai de Ayan – afirma que desde os três anos de idade o garoto se interessa por computadores. “Dei o primeiro computador aos três anos e já deixava brincar com umas máquinas antigas. E qualquer coisa que eu falasse ele lembrava no dia seguinte. Então comecei a alimentá-lo com mais informação”.

Asim também contou como não vê a exposição do seu filho a tal quantidade de informação como um problema: “o uso excessivo de computadores nessa idade pode ter um efeito negativo, mas, no caso de Ayan, ele aproveitou uma oportunidade”.

Encarando o teste como gente grande, o jovem menino de cinco anos e 11 meses de idade assustou os funcionários da Microsoft quando chegou para realizar o teste. Em entrevista à BBC, Ayan contou que achou o exame “difícil, mas divertido”. Para o pai, a maior dificuldade foi a complexidade dos termos: “o mais desafiadorfoi explicar a linguagem do teste a um menino de cinco anos. Mas ele pareceu entender e tem uma memória muito boa”.

A mãe do garoto afirma que está “muito, muito orgulhosa” com a conquista de Ayan. Com seu próprio laboratório de computação em casa – funcionando a partir de uma rede de informática criada por ele mesmo -, o menino passa aproximadamente duas horas do seu dia focado nisso.

Ayan, inclusive, já construiu seu próprio site – com algumas informações básicas de sua história. Na entrevista, o jovem contou que deseja abrir uma própria empresa e que sonha em criar uma região semelhante ao Vale do Silício no Reino Unido.

Fonte:  REVISTAGALILEU.GLOBO.COM


Curta a página oficial Canal Conselho Tutelar no facebook e indique para seus amigos e familiares.

Anjos: Bombeiros agem por Instinto e evitam tragédia e salva Criança

Published by:

bombeiroPara quem acredita em anjos, essa matéria pode ser a confirmação de que eles existem, não são anjos com asas e nem voam, mas com certeza foram enviados por Deus, sei que muitos não acreditam nessas coisas, mas  ao menos para Gleiciele Lagassi de 12 anos, esses anjos tem nome e sobrenome.

Na manhã da última sexta-feira (13), os BMs Ramon e Edson, após uma vistoria em um estabelecimento, voltavam ao quartel do corpo de bombeiros pela avenida Marechal Rondon próximo a mecânica Escobar que fica na saída para Cacoal, quando avistaram uma fumaça que saía da casa de madeira de número 184 daquela avenida.

 Qualquer um poderia ignorar a fumaça e seguir em frente, afinal não havia solicitação de ocorrência, porém, movidos pelo instinto ou por força maior, Ramon e Edson resolveram averiguar. Ao chegar no local os BMs se depararam com um princípio de incêndio na cozinha da referida residência, onde as chamas já alcançavam o teto, no interior da casa, deitada no sofá estava a pequena Gleiciele de apenas 12 anos, a qual estava dormindo.

 Graças a ação desses heróis, anjos ou simplesmente seres humanos, a pequena Gleiciele vai poder contar a história de que um dia, enquanto dormia, Deus enviou   dois de seus anjos para salvar sua vida. Os BMs, mesmo sem estar com os equipamentos de combate á incêndio, conseguiram extinguir as chamas, enquanto Ramon abafava as chamas com um pano, Edson  correu até um comércio próximo e pegou um extintor. A mangueira do fogão já havia derretido, o gás alimentava as chamas, o  risco de explosão era eminente, mas felizmente tudo acabou bem, as chamas foram apagadas e a criança salva pela bravura e o instinto de Edson e Ramon que não ignoraram aquela  fumaça que saía daquela casa.

 Segundo informações a mãe de Gleiciele, trabalha como doméstica e havia deixado a menor juntamente com seu irmão de 15 anos em casa, o irmão teria saído e deixado uma panela no fogo, pediu para que a irmã desligasse, porém as mesma acabou dormindo no sofá.

Fonte: Pimentavirtual.com.br – Fábio Matias