Category Archives: Direito, Tv e Cinema

Para Salvar uma Vida

Published by:

A vida nem sempre é fácil, nós frequentemente precisamos de ajuda. Para Salvar Uma Vida é um filme independente que relata as escolhas e os desafios enfrentados pelos adolescentes, Jake e Amy enfrentam uma série de circunstâncias difíceis. O Filme conta a história do jovem Jake Talor que tinha tudo, mas a morte de um amigo de infância causada pelo seu afastamento acaba atormentando a sua vida. Algo muda dentro de Jake ao abalar-se com a morte de Roger. 

E ao buscar respostas para sua própria vida, uma pergunta vem à tona: “Eu poderia tê-lo salvado?”. Jake se vê profundamente comprometido em ajudar os rejeitados – pessoas estas que muitos nem sequer olham. Mas essa decisão, entre outras, colocou o seu mundo de cabeça para baixo. Perdeu amigos, a bolsa e até o direito de perguntar “O que eu quero da minha vida?”.

Jake então se vê com esta culpa e tenta não repetir mais o mesmo erro com outros amigos. Uma história cheia de ação e emoção. Você pode ter experimentado desafios semelhantes em sua vida, ou talvez os seus amigos, família, ou jovens que você lidera. Os produtores esperam que o filme seja divertido e ao mesmo tempo útil para você e seus amigos. Na vida real há lugares para encontrar ajuda.  

O blog é aberto a todos, mesmo que você não concorde, sinta-se livre para expressar suas opiniões sobre o filme.


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas para o WhatsApp: (69) 9987-6863 para envio. Não se esqueça de se identificar.


Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO 

O Impossível: Nada é mais poderoso do que o espírito humano

Published by:

Uma família de classe média que vai passar suas férias num hotel na Tailândia, e ela é surpreendida por uma estranha turbulência.

O Filme O impossível conta a história verídica de um casal, Maria (Naomi Watts), Henry (Ewan McGregor), Lucas (Tom Holland), Thomas (Samuel Joslin) e Simon (Oaklee Pendergast), que chegam à Tailândia na véspera de Natal buscando dias tranquilos num lugar paradisíaco. Mas, apenas um dia depois da confraternização natalina, a natureza se encarregou de acrescentar tons dramáticos a essas inesquecíveis férias de verão.

O espectador é convidado a mergulhar profundamente no desespero do evento e presenciar a calamidade. Os efeitos especiais muito bem feitos por sinal ajudam a montar o clima de tensão e a dar veracidade ao filme. O casal, e os três filhos e todos que desfrutam da piscina do hotel observam árvores sendo engolidas por uma gigantesca onda. Não há tempo para pensar, que dirá o que fazer a fim de se salvar suas vidas. Passado o susto, o drama toma conta do filme: feridos, assustados e indefesos, os membros da família sofrem com a abrupta separação e com a falta de notícias uns dos outros. Com atuações brilhantes impossível não destacar o trabalho do ator mirim Tom Holland, que faz o filho do casal Lucas. 

O roteiro do filme deixou um pouco a desejar e que pegaram pesado um pouco no drama principalmente nas soluções apresentadas para reuni a família que parecem forçadas: Nos certos encontros e desencontros são, notadamente, um toque da ficção que tenta “melhorar” a realidade a qualquer custo. 

Embora renda alguns planos interessantes, como o de Lucas e Henry cruzando os mesmos corredores de hospital sem dar conta da presença um do outro, outras vezes o artifício cria situações inverossímeis, como a cena em que Maria, à beira da morte na cama de hospital, quase sente a presença do marido, a uma cortina de distância. E é fácil perceber que apenas isso garantiria boa parte do suspense da narrativa do filme, mas que curte um bom filme de drama, vai adorar o filme.

Com o foco direcionado aos Bennett em quase tempo integral, a produção perde ainda boas oportunidades de explorar as subtramas. Os momentos de solidariedade, que poderiam ajudar a construir um retrato mais abrangente da situação, aparecem apenas quando contribuem para aumentar o nível de emoção em relação aos protagonistas.

E mesmo quando parece criar uma visão um pouco mais crítica em relação ao ocorrido – já em seu desfecho, quando a presença do funcionário do seguro garante um tratamento diferenciado de uns em detrimento de outros -, a produção volta ao drama mais pessoal, e a intenção acaba se diluindo.

O filme, o final feliz em meio à tragédia soa mais interessante, mas isso não é obra da ficção. Neste quesito, a realidade ainda é insuperável. Eis a mais forte essência do filme: Antes de tratar de Maria e Henry, ele fala da esperança e da luta de pessoas envolvidas num evento que matou cerca de duzentas mil pessoas em 2004.

Um filme maravilhoso e bem trabalhado, Impossível não se emocionar com o filme.  O blog é aberto a todos, mesmo que você não concorde, sinta-se livre para expressar suas opiniões sobre o filme.


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas para o WhatsApp: (69) 9987-6863 para envio. Não se esqueça de se identificar.


Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO 

Filme: A escalada

Published by:

 

Dois alpinistas radicais precisam forjar uma amizade complicada com o objetivo de escalar o pico dos seus sonhos. O extravagante Derrick gosta de escalar sozinho. Um resgate audacioso abriu as portas para a maior escalada de sua vida, mas seu sonho inclui um parceiro não muito desejado. Cauteloso, Michael não se arrisca, não se apressa para ser o primeiro e raramente leva a vida até o seu limite. O filme A escalada é intenso, bonito, com momentos bem humorados. Em meio a aventura, uma lição de vida cristã.


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas para o WhatsApp: (69) 9987-6863 para envio. Não se esqueça de se identificar.


Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO 

Eu, Christiane F. – 13 Anos, Drogada e Prostituída

Published by:

Eu, Christiane F. – 13 Anos, Drogada e Prostituída

Na cidade de Berlin nos anos 70, Christiane (Natja Brunckhorst), uma linda adolescente, mora com sua mãe e sua irmã menor em um típico apartamento da cidade. Ela é fascinada para conhecer a “Sound”, uma nova e moderna discoteca.

Apesar de menor de idade ela pede a sua amiga para leva-la lá ela conhece Detlev (Thomas Haustein), assim ela se aproxima do terrível mundo das drogas. Primeiro é o álcool, depois a maconha, assim passo a passo ela começa a mergulhar cada vez mais profundamente no submundo do vício e da prostituição colocando-se à beira da morte. Um filme de cenas fortes e muito reais que nos transmite os horrores do mundo do vício entre os jovens.

Christiane F. – 13 Anos é um filme necessário. Existem outros filmes que mostram as drogas: uns mostram um lado totalmente exagerado delas. Outros mostram o quanto fumar, cheirar e picar é legal e te deixa doidão. Esta pérola do cinema alemão não é nem um nem outro. É a verdade.
Qualquer um que se pica pela primeira vez vomita. Qualquer um que injeta demais tem uma overdose. Qualquer um que se injeta muito não consegue distinguir veias. E esse era o mundo de Christiane F. e de todos que entraram no mundo das drogas e nunca mais conseguem sair. Pena que um roteiro tão bom não tenha se saído bem na transição entre as páginas e as telas.
 

Leia tabém o livro Eu Christiane F. Anos Drogada Prostituida – Kai Hermann e Horst Rieck


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas para o WhatsApp: (69) 9987-6863 para envio. Não se esqueça de se identificar.


Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO 

Filme: Código de conduta

Published by:

 

O filme conta a historia de Clyde Shelton (Gerard Butler) um pai de família que testemunha o assassinato de sua esposa e filha. Um dos culpados pelo crime pega uma pena de apenas 5 anos graças a um acordo costurado pelo promotor Nick Rice (Jamie Foxx), que acredita que é melhor ter alguma justiça do que a chance de não obter alguma. Dez anos depois, o assassino é encontrado morto. 

Mesmo sem ter provas suficientes contra si, Clyde é preso pelo ocorrido. Seu grande objetivo é denunciar a incoerência do sistema judicial, que permite que assassinos sejam libertados ou obtenham penas brandas, nem que para tanto precise eliminar todos os envolvidos. Só que Nick enfrenta um problema: apesar de estar na cadeia, Clyde aparenta sempre estar um passo a frente de todos.

Gostou Comente e Compartilhe e não se esqueça de curtir nossa Fan Page Portal Couto Lex’s e ficar bem informado.

Kids – Conturbado mundo dos Adolescentes

Published by:

Kids é um filme que mostra como a gente é vulnerável, que mostra como um adolescente pode prejudicar um conjunto, quando não se tem informação! Nova York serve de pano de fundo para mostrar o conturbado mundo dos adolescentes, que indiscriminadamente consomem drogas e quase nunca praticam sexo seguro.

O filme conta a historia de um garoto, que deseja só “transar” com virgens, pois acha que assim vai se proteger das doenças sexualmente transmissível, e uma jovem, que só teve um parceiro, mas contraiu o  HIV/AIDS, servem de base para tramas paralelas, que mostram como um adolescente pode prejudicar seriamente sua vida se não estiver bem orientado.

Por mais que o filme Kids foi um pouco “forçado”, diria que mostra a realidade nua e crua naquele caso, com cenas picantes de sexo, muita droga, violência, preconceitos, e muita falta de informação por parte dos personagens sobre esses assuntos.

A equipe pode Captar do filme Kids que as escolas deve sempre passar informações sobre esse tipo de assunto, mais sempre com muito cuidado, pois os adolescentes tem uma mente muito ampla e podem trocar os sentidos do certo e errado.

Filme: Paraísos Artificiais

Published by:

O Filme Paraísos Artificiais entre uma e outra viagem psicodélica, os personagens viajam de Amsterdam ao nordeste do Brasil ao som da música eletrônica. Com algumas cenas calientes, há uma entrega muito grande dos atores Nathalia Dill, Luca Bianchi e Lívia de Bueno para com seus personagens e a história em si.

Na trama, percorre-se o mundo das raves e das drogas, enormes festivais de arte e cultura alternativa com o background sonoro de música eletrônica. Assim conhecemos o trio formado por Érika (Nathalia Dill), que sonha em um dia ser uma bem-sucedida DJ internacional. A bela apaixonada e inconsequente Lara (Lívia de Bueno), e Nando (Luca Bianchi), um rapaz que sofre as consequências de um ato infeliz em uma viagem. Os três vivem experiências sensoriais (no sentido das drogas mesmo) intensas que trazem enormes consequências para o resto de suas vidas, como prisão, relacionamentos não aproveitados.

Amizades são quebradas, por causa dos vício das drogas, novos raciocínios surgem após o encontro com a consequência. A relação entre os irmãos (Nando e Lipe) é muito afetada após a morte do pai, é um dos núcleos mais sólidos da trama, mais fica um pouco para trás por conta das outras histórias que o filme conta.

Com um final sugestivo, “Paraísos Artificiais”, é um filme que quando foca na fuga do mundo imprevisível das drogas e nas escolhas do passado que atormentam a protagonista se torna muito interessante e por isso merece ser conferido. O blog é aberto a todos, mesmo que você não concorde, sinta-se livre para expressar suas opiniões sobre o filme.

 

O Advogado dos cincos crimes

Published by:

O Advogado dos Cinco Crimes (A Murder of Crows, 1999), do diretor Rowdy Herrington, conta a história de um famoso advogado Lawson Russell, (Cuba Gooding Jr.) que, depois de abandonar a defesa de um rico e inescrupuloso cliente, acaba perdendo a licença para advogar, e resolve escrever um livro.

Pega emprestado um volume inédito com um conhecido, em busca de inspiração, mas quando vai devolvê-lo encontra o autor do livro morto. Decide publicar o livro como se fosse seu e faz sucesso imediato. Mas a situação se complica quando um detetive descobre que os crimes relatados no livro são reais. 

No final, descobriu-se que o autor dos tão bem planejados crimes tinha sido um genial professor de teatro que odiava os advogados, pelo fato de que o assassino de sua esposa e filhos foi declarado inocente. O professor é que tinha escrito o tal livro, e planejara tudo para incriminar o ex-advogado, caso ele se deslumbrasse pela possibilidade de um sucesso fácil ao publicar um livro escrito por outrem.

O blog é aberto a todos, mesmo que você não concorde, sinta-se livre para expressar suas opiniões sobre o filme.

 

Filme: Vi Vendo a Violência

Published by:

Vi Vendo a Violência trata-se de um filme que mescla ficção com documentário. Uma mãe diante de um filho recém-nascido mostra-o como começa a violência enquanto que ela mesma admite realizar o maior ato de violência que abandonar o próprio filho. No decorrer do filme, fatos são contados com relação a insegurança e violência em Senador Pompeu-CE. Mostra que o Estado é negligente e contribui de forma significativa para o aumento da violência e que a violência é multifacetária.  

O grito silencioso de um pequeno inocente

Published by:

Esse vídeo apesar de antigo, é um excelente vídeo já feito sobre o aborto, porque mostra o que o aborto realmente é. O Dr. Bernard Nathanson foi um dos pioneiros em aborto nos Estados Unidos da America, até que surgiu a tecnologia de ultrassonografia e ele viu que matava bebês. Arrependeu-se profundamente de fazer abortos, fechou suas clínicas de aborto e se tornou um dos maiores defensores da vida no mundo, até o final de sua vida. 

O blog é aberto a todos, mesmo que você não concorde, sinta-se livre para expressar suas opiniões sobre o filme.