Category Archives: Direito, Tv e Cinema

Documentário conta drama de garoto criado como menina após perder pênis

Published by:

David Reimer nasceu um menino saudável, mas passou por uma cirurgia de mudança de sexo e educado como se fosse uma menina após seu pênis ter sido acidentalmente destruído durante uma circuncisão. O psicólogo John Money sugeriu que ele fosse criado como uma menina e acompanhou o caso e posteriormente publicou a mudança de sexo como um sucesso, o que provaria que a identidade de gênero é algo relacionada a educação e não a natureza.

O sexólogo e acadêmico Milton Diamond relatou mais tarde que Reimer nunca de fato se havia identificado como do sexo feminino, e que ele começou a viver como homem aos 15 anos. Reimer mais tarde veio a público contar sua história para desencorajar práticas médicas semelhantes.

Psicólogo

John Money

Vários meses se passaram, e eles não tinham ideia do que fazer até que um dia encontraram um homem que mudaria suas vidas e as vidas de seus filhos para sempre.

John Money era um psicólogo especializado em mudança de sexo. Ele acreditava que não era tanto a biologia que determinava se somos homens ou mulheres, mas a maneira como somos criados.

“Estávamos assistindo a TV”, lembra Janet. “O doutor Money estava lá, muito carismático, e parecia muito inteligente e muito confiante no que estava falando.”

Janet escreveu para Money, e poucas semanas depois ela levou Bruce para vê-lo em Baltimore, nos Estados Unidos.

Para o psicólogo, o caso representava uma experiência ideal. Ali estava uma criança a qual ele acreditava que poderia ser criada como sendo do sexo oposto e que trazia até mesmo seu grupo de controle com ele – um gêmeo idêntico.

Se funcionasse, a experiência daria uma evidência irrefutável de que a criação pode se sobrepor à biologia, e Money genuinamente acreditava que Bruce tinha uma chance melhor de levar uma vida feliz como mulher do que como um homem sem pênis.

Então, quando Bruce tinha 17 meses de idade, se transformou em Brenda. Quatro meses depois, no dia 3 de julho de 1967, o primeiro passo cirúrgico para a mudança foi tomado, com a castração.

Segredo

Money enfatizou que, se quisessem garantir que a mudança de sexo funcionasse, os pais nunca deveriam contar a Brenda ou ao seu irmão gêmeo que ela havia nascido como menino.

A partir de então, eles passaram a ter uma filha, e todos os anos eles visitavam Money para acompanhar o progresso dos gêmeos, no que se tornou conhecido como o “caso John/Joan”. A identidade de Brenda foi mantida em segredo.

“A mãe afirmou que sua filha era muito mais arrumada do que seu irmão e, em contraste com ele, não gostava de ficar suja”, registrou Money em uma das primeiras consultas.

Mas em contraste, ele também observou: “A menina tinha muitos traços de menina moleque, como uma energia física abundante, um alto nível de atividade, teimosia e era frequentemente a figura dominante num grupo de meninas”.

Em 1975, as crianças tinham 9 anos, e Money publicou um artigo detalhando suas observações. A experiência, segundo ele, tinha sido um sucesso total.

“Ninguém mais sabe que ela é a criança cujo caso eles leram nos noticiários na época do acidente”, afirmou.

“O comportamento dela é tão normalmente o de uma garotinha ativa e tão claramente diferente, por comparação, do comportamento de menino de seu irmão gêmeo, que não dá margem para as conjecturas de outros.”

Suicida

No entanto, na época em que Brenda chegou à puberdade, aos 13 anos, ela sentia impulsos suicidas. “Eu podia ver que Brenda não era feliz como menina”, lembrou Janet. “Ela era muito rebelde. Ela era muito masculina e eu não conseguia convencê-la a fazer nada feminino. Brenda quase não tinha amigos enquanto crescia. Todos a ridicularizavam, a chamavam de mulher das cavernas. Ela era uma garota muito solitária.”

Ao observar a tristeza da filha, os pais de Brenda pararam com as consultas com John Money. Logo depois, eles fizeram algo que Money tinha pedido para que não fizessem: contaram a ela que Brenda tinha nascido como um menino.

Semanas depois, Brenda escolheu se transformar em David. Ele passou por uma cirurgia de reconstrução do pênis e até se casou. Ele não podia ter filhos, mas adorou ser o padrasto dos três filhos de sua esposa.

Mas, o que David não sabia, era que seu caso tinha sido imortalizado como “John/Joan”, em artigos médicos e acadêmicos a respeito de mudança de sexo e que o “sucesso” da teoria de Money estava afetando outros pacientes com problemas semelhantes aos deles.

“Ele não tinha como saber que seu caso tinha ido parar em uma ampla série de livros de teoria médica e psicológica e que estava estabelecendo os protocolos sobre como tratar hermafroditas e pessoas que tinham perdido o pênis”, disse John Colapinto, um jornalista do The New York Times, que descobriu a história de David.

“Ele mal conseguia acreditar que (sua história) estava sendo divulgada por aí como um caso bem sucedido e que estava afetando outras pessoas como ele.”

Depressão

David Reimer

Quando passou dos 30 anos, David entrou em depressão. Ele perdeu o emprego e se separou da esposa. Na primavera de 2002 seu irmão morreu devido a uma overdose de drogas.

Dois anos depois, no dia 4 de maio de 2004, quando David estava com 38 anos, os pais, Janet e Ron Reimer, receberam uma visita da polícia que os informou que seu filho tinha cometido suicídio.  “Eles pediram que nos sentássemos e falaram que tinham notícias ruins, que David estava morto. Eu apenas chorei”, conta Janet.

Casos como o “John/Joan”, quando ocorre um acidente, são muito raros. Mas decisões ainda estão sendo tomadas sobre como criar uma criança, como menino ou menina, se ela sofre do que atualmente é conhecido como Distúrbio do Desenvolvimento Sexual.

“Agora temos equipes multidisciplinares, que funcionam bem, em todo o país, então a decisão será tomada por uma ampla série de profissionais”, explicou Polly Carmichael, do Hospital Great Ormond Street, de Londres. “Os pais ficarão muito mais envolvidos em termos do processo da tomada de decisão”, acrescentou.

Carmichael afirma que, segundo sua experiência, estas decisões tem sido mais bem sucedidas para ajudar as crianças a levar uma vida feliz quando crescerem.

“Fico constantemente surpresa como, com apoio, estas crianças são capazes de enfrentar e lidar (com o problema)”, disse.

A que preço e em nome de uma “ciência” sem escrúpulos chega para “provar” uma teoria descabida e estapafúrdia! Não permita que essa mesma raiz seja disseminada nas escolas de nosso país, diga Não à ideologia de Gênero no PNE – Plano Nacional da Educação.

Assista ao documentário. 

Fonte: Com informação BBC

Após queixas, HBO muda horário de desenho com teor sexual

Published by:

 Lançado em 2016, o filme Festa da Salsicha foi produzido pelo comediante Seth Rogen. O Desenho com cenas e piadas sexuais, o longa dá destaque à salsicha protagonista, que sonha em penetrar em uma bisnaga. Desde ano passado, também não há vinculação de faixas etárias e horários de exibição para a TV aberta.

Depois de pais de crianças reclamarem na internet sobre exibições vespertinas e matinais do filme Festa da Salsicha, animação com claras referências sexuais, a HBO decidiu mudar a programação do longa. A partir de agora, ele só será exibido nos canais do grupo após as 22h.

“Tomamos medidas adicionais para responder aos comentários de nossos consumidores, alterando a nossa programação, de modo que a partir de agora Festa da Salsicha só será exibido na HBO após as 22 h. Nossa grade pode levar algumas horas para atualizar e informar a nova programação, mas asseguramos que o filme não será transmitido durante as tardes”, afirmou o canal em nota oficial.

Na grade da HBO desde junho, Festa da Salsicha estava programado para ter seis exibições no mês de agosto, em horários como 10h e 14h. Porém, as reclamações de pais e mães furiosos em páginas do Facebook e grupos de WhatsApp fizeram com que todas as sessões deste mês fossem canceladas nos canais HBO e HBO 2.

A partir de agora, Festa da Salsicha irá ao ar apenas em setembro, com sessões com início entre 22h e 23h45. A HBO, no entanto, se defende afirmando que segue à risca as normas de classificação indicativa vigentes. “Antes do início de cada programa, a rede exibe de forma clara a classificação e alerta os espectadores sobre os tópicos abordados. De acordo com a legislação brasileira, Festa da Salsicha é avaliado como apropriado para pessoas com idade igual ou maior de 16 anos. Além disso, as operadoras de cabo e satélite oferecem funcionalidades de bloqueio, possibilitando aos pais o controle total sobre o que seus filhos assistem”, alega.

As regras de classificação indicativa não impõem horários para canais pagos. Eles precisam apenas informar para qual público o conteúdo a ser exibido não é adequado.

Dois Dedos de Prosa do Programa do Ratinho com Jair Bolsonaro

Published by:

Em entrevista ao programa do Ratinho da último dia 15 de março de 2017, Jair Bolsonaro fala sobre sua candidatura à presidência da República em 2018. O polêmico deputado garante: “Tenho quase certeza que irei para o segundo turno. O Brasil precisa de alguém que tenha pulso forte”.  Caso perdeu a entrevista o SBT disponibilizou na íntegra a entrevista de Jair Bolsonaro. Assista e deixa o seu comentário. 


O blog é aberto a todos, mesmo que você não concorde, sinta-se livre para expressar suas opiniões no espaço de comentário logo abaixo. Lembrando: Para evitar problemas jurídicos o Site JusRO não aceitará qualquer tipo de Comentários Ofensivos, por mais ‘inocentes’ que sejam contra qualquer tipo de pessoa, instituições ou Grupo Religiosos.

Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas, contos, historias e artigos para o WhatsApp: + 55 (69) 9.9987-6863. Não se esqueça de se identificar.

Ética, Moral, Senso, Consciência, Valores e Juízo

Published by:

Juízo é um Documentário de Maria Augusta Ramos, mostra o cotidiano dos funcionários do Judiciário, mais precisamente da 2º Vara da Infância e da Juventude do Rio de Janeiro e entra no Instituto Padre Severino, prisão para onde são levados os adolescentes em conflito com a lei em reclusão temporária. 


O blog é aberto a todos, mesmo que você não concorde, sinta-se livre para expressar suas opiniões no espaço de comentário logo abaixo. Lembrando: Para evitar problemas jurídicos o Site JusRO não aceitará qualquer tipo de Comentários Ofensivos, por mais ‘inocentes’ que sejam contra qualquer tipo de pessoa, instituições ou Grupo Religiosos.

Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas, contos, historias e artigos para o WhatsApp: + 55 (69) 9.9987-6863. Não se esqueça de se identificar.

I, Robot: Viki já venceu 160.000 apelações contra multas de trânsito

Published by:

I, Robot (no Brasil, Eu, Robô) um filme futurista americano de ficção científica lançado em 2004 pela 20th Century Fox. “Eu, Robô” é baseado em uma história de Isaac Asimov, mais precisamente, nas famosas três Leis da Robótica criadas pelo escritor. Nos contos da série, Asimov brincava com as diferentes implicações da lógica das leis, criando situações absurdas e perigosas para os humanos envolvendo os robôs.

A história se passa no ano de 2035, onde robôs existem para servir os humanos, o Detetive Del Spooner (Will Smith) é chamado para investigar a morte de seu velho amigo, o Dr. Alfred Lanning (James Cromwell), um funcionário da empresa US Robotics, comandada por Lawrence Robertson (Bruce Greenwood), que está prestes a colocar o modelo NS-5 no mercado.

A historia ganhou realidade nessa ultima semana do mês de junho de 2016 foi amplamente divulgado a mais nova tecnologia o chatbot que já conseguiu vencer 160 mil contestações relacionadas a multas de trânsito em Londres e Nova York dentro do período de 21 meses.

Joshua Browder, o estudante (19) responsável pelo DoNotPay, teve a ideia por ter levado 30 multas do tipo nos arredores de Londres quando tinha 18 anos. Como o processo de contestação é burocrático e consiste basicamente em preencher formulários, o uso da inteligência artificial cai perfeitamente, porque tudo o que o robô precisa fazer é perguntar coisas como se havia sinais claros de estacionamento e depois guiar o reclamante pelo sistema oficial. 

É o DoNotPay, que ganhou o apelido de “primeiro robô advogado do mundo” por auxiliar motoristas que se sentem injustiçados por levar multas de estacionamento proibido. Desde seu lançamento, o sistema já analisou 250 mil casos, tendo obtido uma taxa de sucesso de 64%. 

De acordo com o VentureBeat, Browder pensa em expandir o DoNotPay para Seatle e já começou a desenvolver sistemas semelhantes para ajudar pacientes com HIV a entender seus direitos e para auxiliar passageiros cujos voos atrasaram mais de quatro horas a pedir compensações. Em outra frente, ele trabalha em um bot que ajuda refugiados a pedir asilo.

Eu acho que existe uma mina de ouro de oportunidades, porque tantos serviços e informações poderiam ser automatizados usando IA e bots são perfeitos para isso. E é desapontador neste momento que eles têm sido usados principalmente para transações comerciais e para pedir flores e pizzas”, diz ele.

O filme de Alex Proyas, estrelado por Will Smith, trata-se da adaptação do livro “Eu, Robô”, de Isaac Asimov. Uma obra de ficção cientifica que vem se tornando realidade através do DoNotPay o robô-advogado. Será que esse Robô por ser advogado se tornará VIKI e vai criar a revolução das máquinas. Será que devemos ficar realmente contentes por haver uma busca constante por novos conhecimentos, afinal, o objetivo da tecnologia é facilitar e melhorar nossas vidas (ainda que às vezes pareçamos escravos dela) e avanços são sempre bem-vindos.

Fonte: Com informação Olhar Digital


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas para o WhatsApp: (69) 9987-6863 para envio. Não se esqueça de se identificar.


Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO 

Documentário: Pro dia nascer feliz

Published by:

Documentário: Pro dia nascer feliz (Brasil) – João Jardim, 2006

O documentário de João Jardim Pro dia nascer feliz, de 2006, é um dos raros filmes que retratam com delicadeza e sensibilidade a cruel realidade da vida dos adolescentes nas escolas. 

O filme descreve o cotidiano de jovens em escolas em quatro escolas brasileiras. Em Pernambuco, São Paulo, Duque de Caxias e no Rio de Janeiro, todas elas são públicas. Há também uma escola particular da cidade de São Paulo , em um bairro de elite. João Jardim também mostrar um outro estabelecimento de ensino, não nomeado, mas que o espectador pode percebe que é uma instituição para adolescentes em conflito com a lei. 

O sofrimento, a solidão, os medos e os sonhos desses adolescentes são narrados por suas próprias vozes, em depoimentos emocionantes, assim como a batalha de quem trabalha, com pouquíssimos recursos, em um sistema historicamente defeituoso no que diz respeito à educação brasileira.

O blog é aberto a todos, mesmo que você não concorde, sinta-se livre para expressar suas opiniões sobre a respeito do filme.


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas para o WhatsApp: (69) 9987-6863 para envio. Não se esqueça de se identificar.


Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO 

15 filmes que retrata o alcoolismo

Published by:

Recebemos como sugestão de pauta um pedido de sugestão de filmes com tema sobre o alcoolismo feita por uma Conselheira Tutelar. Pois veja á lista com os 15 filmes sobre o tema que aconselhamos os Conselheiros Tutelares, Professores e Pais. Vale a pena conferir:

1)      Vício Maldito – Days of Wine and Roses: vicios malditos Direção de Blake Edwards, Elenco: Jack Lemmon, Lee Remick, Charles Bickford mais, Gênero Drama, Nacionalidade EUA. O filme retrata a vida do jovem publicitário Joe Clay que se apaixona por Kirsten, uma colega de trabalho. Eles acabam se casando, mas devido a uma pressão profissional muito forte ele começa a beber cada vez mais e acaba levando a esposa para o mesmo caminho.

2)  Às vezes o amor não é o bastante

O filme retrata um conturbado relacionamento entre Lois Wilson, co-fundadora da Al-Anon, e seu marido, Bill Wilson Juntos, os dois promoveram grandes avanços na luta contra o alcoolismo por todo o mundo. A história revela ainda os bastidores da criação dos “Alcoólicos Anônimos”, organização idealizada por Bill e o médico Bob Smith, ambos ex-alcoólatras, e também como a dedicação quase que exclusiva de Bill ao projeto afetou a vida conjugal ao lado de Lois.

3)     Farrapo Humano – The Lost Weekend

É um filme norte-americano de 1945, drama dirigido por Billy Wilder. O filme retrata o alcoolismo de forma realista, numa excelente interpretação de Ray Milland como o sujeito que tem crise de abstinência ao se ver privado de beber durante um final de semana, daí a razão do título em inglês: “o fim de semana perdido”. As cenas em que o personagem principal tem as crises de delírio são impressionantes. Um filme de 1945, porem seu conteúdo continuam atuais.

4)      À sombra do vulcão

O filme retrata a historia de ex-cônsul britânico  Geoffrey Firmin que torna-se alcoólatra após separar-se de Yvonne Firmin e resolve permanecer morando no México com seu meio-irmão, Hugh Firmin, o pivô da separação. Geoffrey sempre aguarda a volta da mulher e, no Dia de Finados, ela retorna repentinamente, com a finalidade de reatar seu casamento. Entretanto, as marcas da separação eram maiores do que ela imaginava.

5)      O Veredicto

O filme retrata a historia de um Advogado alcoólatra e decadente vê a chance de recuperar a sua auto-estima quando lhe é dado um caso sobre um erro médico. Mesmo quando uma quantia razoável é oferecida para se chegar a um acordo e o caso não ir a julgamento, ele não concorda e decide enfrentar um poderoso grupo, que é defendido por um renomado e ardiloso advogado.

6)      Anjo Embriagado

Um filme pós-guerra retrata a historia de um doutor alcoólatra no Japão e de um jovem Matsunaga depois de uma batalha armada com uma gangue rival. O doutor dá ao jovem gângster o diagnóstico de tuberculose, e o convence a começar um tratamento. Os dois aproveitam uma constrangedora amizade até que o patrão inicial do gângster é libertado da prisão e sai em busca dos antigos membros da gangue para reunir seu grupo novamente. O filme revelou Kurosawa para o grande público e crítica internacional.

7)      Despedida em Las Vegas

Em Los Angeles, Ben Sanderson é um alcoólatra que, após ter sido demitido da produção de um filme, decide dirigir até Las Vegas, onde planeja beber até morrer. Lá conhece Sera, uma prostituta que também morou em Los Angeles, por quem se apaixona. Ele acaba indo morar na casa dela, sendo que ela respeita o fato dele ser alcoólatra e ele respeita seu modo de ganhar a vida. No entanto, a deterioração dele entrou em um processo irreversível. No Filme conta a historia de Ben Sanderson (Nicolas Cage) um alcoólatra que, após ter sido demitido da produção de um filme, decide dirigir até Las Vegas, onde planeja beber até morrer. Las Vegas conhece Sera (Elisabeth Shue), uma prostituta que também morou em Los Angeles, por quem se apaixona. Ben acaba indo morar na casa dela, sendo que ela respeita o fato dele ser alcoólatra e ele respeita seu modo de ganhar a vida. No entanto, a deterioração dele entrou em um processo irreversível.

8)      Ironweed

O Filme conta a historia de um esquizofrênico Francis Phelan e a ex-cantora Helen Archer que se encontram por acaso e acabam desenvolvendo uma relação de afeto. Phelan e Helen são alcoólatras, mas tentam se ajudar mutuamente e encarar os fantasmas do passado.

9)      Barfly, condenados pelo vício

O Filme conta a historia de Henry Chinaski é um escritor alcoólatra que inicia um romance cheio de contradições com Wanda Wilcox, outra freqüentadora assídua dos bares de Los Angeles. Neste cenário, surge uma terceira pessoa que vai mudar a relação do casal.

10)   Quando um homem ama uma mulher

O Filme conta a historia de Michael Green um piloto de avião apaixonado por sua esposa Alice. Juntos, eles têm duas filhas e fazem de tudo para construir uma vida agradável para elas. Quando o alcoolismo de Alice vem à tona e ela é obrigada a se internar em uma clínica, a relação deles é abalada, e tudo pelo o que eles lutaram pode ser destruído, inclusive a integridade deles próprios como indivíduos, amantes e família. Resta saber se o amor entre Michael e Alice poderá superar essa situação.

11)   Nasce uma Estrela

O Filme conta a historia de Esther Blodgett é uma sonhadora artista que deseja se tornar uma grande estrela do cinema americano. Seu sonho se torna realidade quando ela conhece o astro de Hollywood Norman Maine, e os dois se apaixonam. Depois de um tempo, eles se casam, e a carreira de Esther começa realmente a decolar, e ela passa a ser chamada pelo nome artístico de Vicky Lester. Só que enquanto sua fama aumenta, seu marido está cada vez mais decadente e afundado no álcool, o que começa a abalar a carreira da esposa.

12)   Smashed

O Filme Smashed conta a historia do jovem casal apaixonado Kate e Charlie. Eles compartilham uma paixão pela música, risos e álcool. Com o tempo, Kate desenvolve um comportamento antissocial que compromete seu trabalho como professora. Ela então decide entrar no AA e ficar sóbria, contando com a ajuda da amiga Jenny, do vice-diretor da escola e do seu marido. Mas nem tudo será fácil nesta jornada, pois essa transformação vai trazer à tona os outros problemas da sua vida.

13)   28 dias

O Filme 28 dias conta a historia de Gwen Cummings uma escritora que leva sua vida de forma selvagem. Saltando de festa em festa, as coisas começam a mudar quando ela, bêbada, rouba a limusine no meio do casamento de sua irmã e bate com o carro numa casa. Encaminhada para um período de 28 dias numa clínica de reabilitação para dependentes de álcool, Gwen tem que aprender a vida num lugar onde as regras são rígidas e têm que ser cumpridas.

14)   Um novo caminho

O filme retrata a historia de Hervé é dono de um agência de notícias e vive para o trabalho, afogando suas angústias na bebida de maneira destrutiva. Decidido a mudar sua vida, interna-se por conta própria numa clínica para se livrar da dependência ao álcool. Lá, ele entra em contato com os dramas pessoais dos outros pacientes e passa a enfrentar seus próprios fantasmas. E é justamente ao se interessar pela jovem Magali, outra interna, que ele abre seus olhos para uma dura realidade.

15)   O Voo

O Filme de suspense repleto de ação, o ganhador do Oscar, retrata a vida de Whip (Denzel Washington) um experiente piloto da aviação comercial está separado de sua esposa e filho, que tem sérios problemas com bebidas e drogas. Certo dia, ele acabou salvando a vida de diversas pessoas quando a aeronave que pilotava apresentou uma pane, mas sua frieza e conhecimento permitiu que uma aterrisagem, praticamente, impossível acontecesse. Agora, apesar de ser considerado um herói por muitos e contar com o apoio de amigos, ele se vê diante do jogo de empurra na busca pelos culpados da queda e das mortes ocorridas. É quando seus erros e escolhas do passado passam a ser decisivos para definir o que ele irá fazer de seu futuro.

O blog é aberto a todos, mesmo que você não concorde, sinta-se livre para expressar suas opiniões sobre a respeito dos filmes.


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas para o WhatsApp: (69) 9987-6863 para envio. Não se esqueça de se identificar.

10 filmes para refletir sobre o trabalho infantil

Published by:

 

  1. Ausência (2014), de Chico Teixeira

Ausencia

“Ainda inédito nos cinemas, mas já exibido em festivais, inclusive no exterior.

Em São Paulo, um menino que trabalha em uma barraca de feira vive ritos de passagem.” O trailer ainda não está disponível, mas é possível seguir o Facebook Oficial da obra.

  1. 10 Centavos (2007)

Curta-metragem de Cesar Fernando de Oliveira disponível no Porta Curtas, sobre o cotidiano de um menino que trabalha como guardador de carros no centro histórico de Salvador.

  1. Carreto (2009)

Curta-metragem de Cláudio Marques e Marília Hughes também disponível no Porta Curtas, sobre a amizade entre um menino que trabalha como carreto, usando um carrinho de pedreiro, e uma menina.

  1. Crianças Invisíveis (2005)

Longa-metragem em episódios sobre a infância em diversos países. O episódio brasileiro, ‘Bilu e João’, dirigido por Kátia Lund, trata de duas crianças que se inserem no mundo do trabalho em São Paulo.

  1. Daens – Um Grito de Justiça (1992), de Stijn Coninx

No final do século 19, um padre católico decide enfrentar os proprietários de uma fábrica na qual trabalham crianças e adultos em condições desumanas. A íntegra do filme está disponível em duas partes: 1 e 2, com legendas em português.

  1. Extra! Extra! (1992), de Kenny Ortega

Extra! Extra! 1992 de Kenny Ortega

Extra! Extra! é um musical da Disney baseado em uma greve dos chamados newsies. Estes eram meninos que vendiam os jornais. Eles iam todos os dias bem cedo na sede do jornal e compravam vários exemplares, que depois vendiam pela cidade.

Em 1899, em Nova Iorque, eles fizeram uma grave, pois o preço pelo qual compravam os jornais aumentou. A paralisação durou duas semanas e acabou após o acordo de que os veículos comprariam os exemplares que não fossem vendidos.

Os jornais que possuíam os preços altos para os newsies eram o New York World e o New York Morning Journal. O dono do World era o famoso Joseph Pulitzer, aqui interpretado por Robert Duvall, de O Poderoso Chefão.

  1. Gomorra (2008), de Matteo Garrone

O Filme Gamorra baseado em livro-reportagem de Roberto Saviano, reconstitui a presença do crime organizado no sul da Itália e o aliciamento de crianças e jovens.

  1. Infâncias Roubadas 

O Documentário Infâncias Roubadas (2005), de Len Morris e Robin Romano faz um mapeamento do trabalho infantil no mundo, que correspondia, naquele momento, a cerca de 246 milhões de crianças presentes na escala inferior da economia global. Veja o Trailer.

  1. Nascidos nos Bordéis

Documentário Nascidos nos Bordéis (2005), de Zana Briski e Ross Kauffman realizado por cineastas que viveram na região de prostituição de Calcutá e estabeleceram laços com as crianças que nasceram ali.

  1. Tartarugas Podem Voar (2004), de Bahman Ghobadi

Logo depois da invasão do Iraque por tropas dos EUA e aliados, um menino curdo que vive em um campo de refugiados na fronteira com a Turquia lidera um grupo de crianças que recupera e negocia minas não-detonadas.


Curta a página oficial Canal Conselho Tutelar no facebook e indique para seus amigos e familiares.

Maria cheia de graça: filme para estudar para o concurso público da Policia Federal

Published by:

Maria cheia de graça os bastidores do tráfico de drogas sob a visão dos chamados “mulas” (pessoas que transportam drogas para outros países). O Filme conta a historia de Maria, uma garota de 17 anos, que vive com sua família em uma pequena cidade ao norte de Bogotá. Ela e blanca, sua melhor amiga, trabalha em uma plantação de rosas preparando flores para exportação. As únicas diversões de Maria são o namoro com Juan (Wilson Guerrero) e as festas na praça do lugarejo. Um dia, para surpresa de sua família, abandona o emprego e decide ir para Bogotá. O que ninguém suspeita é de que Maria está grávida. Durante a viagem, ele encontra um conhecido que ele fala de seu trabalho lucrativo como um mensageiro no tráfico de drogas e convence-la juntar à banda. A jovem aceita a oferta: transportar heroína para Nova York em seu próprio estômago. Depois de um curto período de preparação, elas pegar um avião para os Estados Unidos. Maria leva 62 pacotes de heroína em seu estômago. O filme foi Dirigido por Joshua Marston. Baseado em centenas de casos de “Mulas” reais.


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas para o WhatsApp: (69) 9987-6863 para envio. Não se esqueça de se identificar.


Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO