Category Archives: Curiosidades

#DesafioAceito: hashtag misteriosa das redes sociais

Published by:

Caro amigo (a) leitor (a) você já deve ter visto no seu perfil social Facebook alguém postar uma foto em preto & branco com a hashtag #DesafioAceito. Mas a maioria dos usuários das redes sociais anda curiosos e quer saber do que se trata a campanha. O JusRO foi atrás e descobriu que o novo desafio é em apoio ao combate do câncer. 

Quem curte uma dessas postagens é convidado a participar. Recebe, através de mensagem privada, um texto “desafiando” o usuário a postar uma foto nos mesmos moldes.

Veja exemplos de mensagens:

“Oi, não sou adepto (a), mas essa foi por uma boa causa, então aí vai: tem que colocar na tua linha do tempo uma foto tua em preto & branco pela luta contra o câncer e escrever: #DesafioAceito. Manda essa mensagem para todos que curtirem tua foto. E uma campanha em prol da luta contra o câncer.”

“Oi! Terás que postar uma foto tua em preto e branco com a hashtag #DesafioAceito. E uma campanha em prol da luta contra o câncer. Pra quem curtir tens que mandar esta mensagem”.

A campanha surgiu na rede social Facebook, mas já está alcançando outras redes sociais, como o Instagram e o Twitter.

E você caro leitor (a) aceita o desafio?


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas, contos, historias e artigos para o WhatsApp: + 55 (69) 99987-6863. Não se esqueça de se identificar.


Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO 

Leonid Rogozov médico que operou a si mesmo por apendicite

Published by:

Em 1959, Leonid Rogozov graduado em medicina foi imediatamente aceito para fazer a residência como cirurgião. No entanto, os seus estudos foram postergados por algum tempo devido à viagem à Antártida em setembro de 1960 como médico da expedição soviética à estação Novolazarevskaya.

Durante esta expedição aconteceu um evento que fez com que o médico de 27 anos se tornasse famoso no mundo todo.

No 4º mês do inverno, Leonid apresentou sintomas inquietantes: fraqueza, náuseas, febre e dor na região ilíaca direita. No dia seguinte, sua temperatura subiu ainda mais. Sendo o único médico na expedição composta por 13 pessoas, Leonid diagnosticou a si mesmo com apendicite aguda.

Não havia aviões em qualquer das estações mais próximas, além disso, as condições meteorológicas adversas não permitiriam de forma alguma sair dali. A fim de salvar o membro doente da expedição polar era necessária uma operação de urgência e a única saída era operar a si mesmo.

Na noite de 30 de abril de 1961, o cirurgião foi auxiliado por um engenheiro mecânico e um meteorologista. Um entregavam a ele os instrumentos cirúrgicos necessários e ou outro segurava um pequeno espelho sobre sua barriga para que melhor enxergasse.

O médico fez uma anestesia local com solução de novocaína seguida de uma incisão de 12 centímetros na região ilíaca direita com um bisturi. Entre a visão do espelho e o tato ele removeu o apêndice inflamado e injetou antibiótico na cavidade abdominal. Mas não foi nada fácil, 30 ou 40 minutos após o início da operação Leonid sentiu um incipiente desmaio com o formigamento e vertigem que percorreu todo seu corpo obrigando o cirurgião a fazer algumas pausas para descanso.

No entanto, à meia-noite a operação com duração de 1 hora e 45 minutos havia terminado. Cinco dias depois a temperatura normalizou em dois dias os pontos foram retirados.

Em São Petersburgo, Museu do Ártico e na Antártida há uma exposição dos instrumentos cirúrgicos usados por Leonid Rogozov naquela operação.

Para Meditação:

…Sê forte e corajoso; não temas, nem te espantes, porque o SENHOR, teu Deus, é contigo por onde quer que andares. Josué 1:9

[Cântico de romagem] Elevo os olhos para os montes: de onde me virá o socorro? O meu socorro vem do SENHOR, que fez o céu e a terra. Ele não permitirá que os teus pés vacilem; não dormitará aquele que te guarda. É certo que não dormita, nem dorme o guarda de Israel. O SENHOR é quem te guarda; o SENHOR é a tua sombra à tua direita. Salmos 121:1-5

E qual foi o legado de Rogozov? Inspiração, reflete Vladislav.

“Se você se deparar com uma situação desesperadora, onde a sorte parece conspirar contra você, mesmo que esteja no ambiente mais hostil, não desista. Lute pela vida.”

Fonte:

www.facebook.com/HistoricasImagens 


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas para o WhatsApp: + 55 (69) 99987-6863 para envio. Não se esqueça de se identificar.


Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO 

O que está por trás da foto da mulher com o bebê no chão no aeroporto?

Published by:

Uma foto postada nas nas rede sociais de uma mãe que aparece usando o celular sentada em uma cadeira, no saguão de um aeroporto, enquanto seu bebê de 2 meses, estava deitado sobre um pano ou uma fralda no chão. Na própria foto que viralizou nas redes sociais, dá para ler: “Quem deixa o bebê no chão desse jeito?”

Não demorou para que os  MIMIMIS dos internautas aparecer. Internautas criticaram a cena e sentou o cacete na tal mulher. A maior parte das mensagens dizia que a mulher estava mandando mensagens ou usando as redes sociais, enquanto seu bebê, que deveria estar no colo, estava deitado no chão duro, de um lugar sujo, por conta da grande circulação de pessoas.

A história  por trás  da foto veio à  tona. O site myAJC, de Atlanta ( EUA), revelou que falhas operacionais da companhia Delta Airlines causou transtornos para muitos passageiros, incluído  Molly Lensing, a mulher da foto, e seu bebê. A foto foi feita no aeroporto em Atlanta onde Molly aguardava há  varios dias por  uma solução  da companhia aérea.
Segundo reportagem da myAJC, o voo de Molly, marcado para uma segunda-feira, foi cancelado e reagendado para terça, tendo um atraso de seis horas. Isso fez  com que ela perdesse sua conexão em Atlanta. Ela esperou até a meia-noite por outro vôo, que foi cancelado de última hora. Molly ficou até as 4h30 da manhã no telefone com a companhia aérea, tentando resolver o problema e  disseram  que não havia mais vouchers para custear a noite em um hotel. A mulher dormiu  no chão do aeroporto com o bebê e no momento que a foto foi tirada ela estava trocando mensagens com os pais pelo celular, tentando organizar para que eles fossem buscá-los de carro.
Quantas vezes julgamos outro sem saber os motivos que levou ele fazer aquilo. Achamos que os nossos problemas são maiores e mais importante do que dos outros e por vezes ferimos sem ao menos conhecer a verdeira historia desta mulher.
Reflita nesta pequena Historia:
Certa vez um médico entrou num hospital apressado, depois de ter sido chamado para uma cirurgia urgente. Ele respondeu à chamada imediatamente, e mal chegou trocou-se e foi direto para o bloco operatório. Pelo caminho encontrou o pai do rapaz que ia ser operado a andar para trás e para frente à espera do médico. Quando o viu, o pai gritou:
– Porque demorou este tempo todo a vir? Não sabe que a vida do meu filho está em perigo? Você não tem o mínimo de sentimento e de responsabilidade?
O médico sorriu e respondeu serenamente:
– Peço-lhe desculpa, não estava no hospital e vim assim que recebi a chamada. Agora, gostaria que você se acalmasse para que eu também possa fazer o meu trabalho.
– Acalmar-me? E se o seu filho estivesse dentro do bloco operatório, você também ficaria calmo? E se o seu filho morresse o que faria? – disse o pai visivelmente agitado.
– Ficar nesse estado alterado e de nervos não vai ajudar nada, nem a si, nem a mim e muito menos ao seu filho. Prometo-lhe que farei o melhor que sei e consigo dentro das minhas capacidades, disse o médico.
– Falar assim é fácil, quando não nos diz respeito, murmurou o pai entre dentes.
Passadas algumas horas, a cirurgia terminou e o médico saiu sorridente de encontro ao pai.
– A cirurgia foi um sucesso. Conseguimos salvar o seu filho! Se tiver alguma questão pergunte à enfermeira.
Sem esperar pela resposta, o clínico prosseguiu caminho visivelmente apressado. O pai irritado dirigiu-se à enfermeira e desabafou:
– O médico é mesmo arrogante. Será que lhe custava muito ficar aqui mais uns minutos para eu lhe questionar em relação ao estado geral do meu filho?
A enfermeira, um pouco abalada e quase a chorar respondeu-lhe:
– O filho do doutor morreu ontem num acidente rodoviário. Ele estava no funeral quando o chamamos para a cirurgia do seu filho. Agora que a cirurgia terminou e o seu filho foi salvo, o doutor voltou para o funeral para prestar a última homenagem ao filho dele.
É muito fácil sairmos julgando todos por causa de uma simples foto, criticando, apontando os erros, dizendo que essa mulher não sabe o que se mãe. Mas como é difícil conversar e tentar entender o lado da outra pessoa, como é difícil estender a mão para ajudar alguém, como é mais difícil achar uma solução do que achar um culpado.  Amigo leitor não faça as suas escolhas pelas coisas fáceis e sim pelas coisas certas! Amigo leitor antes de Julgar procure sabe o outro lado a outra versão. Nem sempre a versão da Promotoria é a verdadeira.
Veja a reportagem na integra: myAJC
Fonte: Com informação Blog EuCurtoserMae

Envie seu Artigo, Sugestão de pauta, Denúncia, Fotos, Videos, Piadas para o WhatsApp: + 55 (69) 99987-6863. Não se esqueça de se identificar.


Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO 

Origem dos personagens Caio, Tício, Semprônio e Mévio

Published by:

Esse post é apenas uma divertida curiosidade que muitos alunos do curso de Direito questiona o porquê dos doutrinadores de Direito Penal utilizarem em seus exemplos os nomes Tício, Caio, Semprônio e Mevio. Qual estudante de direito que nunca ouviu fala nesses caras.
Esses caras estão envolvidos nos maiores rolos ilícitos do Brasil. Aonde tem uma treta lá estão eles. Não tem um artigo do código penal brasileiro que eles não foram enquadrados, crimes sanguinários, negócios suspeitos, corrupção, esquemas, metidos em infrações penais ou envolvidos com TODOS os tipos de problemas imagináveis e muitos até surreais que permeiam as mentes férteis e frenéticas dos doutrinadores jurídicos e dos examinadores de concurso e do exame de ordem.
Bem, esse quarteto é do mal, esses caras são os ídolos da torcida Corintiana, os ícones, malandros, 171, os caras são muito maus!, os piores dos piores, os salafrários. Os MAIORES MELIANTES DE TODA A HISTÓRIA DA DOUTRINA JURÍDICA!  
Mas por que!? Porque justamente Caio, Tício, Semprônio e Mévio? O que esse quarteto fizeram pra merecer isso? Porque não Lucas, Paulo e Joaquim? Bem a explicação é simples: estes nomes em italiano são usados tal como os nossos Fulano, Beltrano e Sicrano. Como o Direito Penal Brasileiro sofreu grande influência de autores italianos, possivelmente na “tradução” preferiram manter os nomes próprios dos delinquentes italianos.
Por curiosidade, eis a transcrição dos verbetes do famoso Dizionario Devoto-Oli della Lingua Italiana:
Tizio
Tizio [Tì-zio] s.m. Nome che insieme a Caio e Sempronio indica una persona indeterminata: “è venuto un tizio a cercarti”; spreg., persona di nessuna importanza (in questo caso anche f. –a): “non permetterò a un tizio qualsiasi di mettermi i bastoni fra le ruote; ti ha poi ritelefonato la Tizia?”
Dal prenome lat. Titius, molto com. nell’antica Roma 1879
Caio
Caio [Cà-io] s.m. Nome che insieme a Tizio e a Sempronio viene spesso usato per indicare una persona qualsiasi.
Dal prenome lat. Gaius, per l’errata lettura della grafia arc. in cui ‘C’ valeva anche per ‘G’ 1768
Semprônio
Sempronio [Sem-prò-nio] s.m. Nome che insieme a Tizio e a Caio viene spesso adoperato per indicare una persona qualsiasi. Dal prenome lat. Sempronius, molto comune nell’antica Roma 1873

Mevio 

mevio [mè-vio] s.m., lett.Poetastro o critico tanto malevolo quanto incompetente. Dal nome del verseggiatore romano Mevio (sec. I a.C.), detrattore di Virgilio e in polemica con lo stesso e con Orazio prima del 1907

Fonte: Com informação blog da Faculdade de Direito da PUC Maringá

O blog é aberto a todos, mesmo que você não concorde, sinta-se livre para expressar suas opiniões no espaço de comentário logo abaixo. Lembrando: Para evitar problemas jurídicos o Site JusRO não aceitará qualquer tipo de Comentários Ofensivos, por mais ‘inocentes’ que sejam contra qualquer tipo de pessoa, instituições ou Grupo Religiosos.

Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas, contos, historias e artigos para o WhatsApp: + 55 (69) 9.9987-6863. Não se esqueça de se identificar.

Pais podem um dia serem processados por postar fotos de filhos no Facebook

Published by:

Especialistas jurídicos francenses estão avisando aos pais de crianças pequenas que, ao postarem fotos de seus filhos no Facebook enquanto elas ainda são crianças, podem estar dando base para processos judiciais futuros. Isso mesmo, as criancinhas fofas que você vê hoje pelas redes sociais terão a possibilidade de processar seus pais por utilizarem de forma não autorizada a identidade delas nas redes sociais.

Será que isso somente é possível na França, onde já existem leis bem específicas sobre o assunto, permitindo que qualquer pessoa que tenha uma foto publicada sem sua autorização possa pedir recompensação. Segundo o The Guardian, a multa para quem posta imagens sem o consentimento das outras pessoas na foto pode chegar a 45 mil euros, além de resultar e um ano de prisão.

Será que Brasil os pais pode ser processados ao publicar foto sem consentimento dos filhos menores? A resposta para essa pergunta é depende. Conforme o art. 5º, X, da Constituição Federal, “são invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurando o direito a indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua violação”.

Percebe-se, então, que cada pessoa tem o que chamamos de direito de imagem, por isso publicar foto sem consentimento pode ser um problema, tanto para quem publica como para quem tem sua imagem exibida sem a devida autorização.

O Código Civil brasileiro também protege o direito de imagem de cada um, como podemos ver por meio do art. 20:

“Art. 20. Salvo se autorizadas, ou se necessárias à administração da justiça ou à manutenção da ordem pública, a divulgação de escritos, a transmissão da palavra, ou a publicação, a exposição ou a utilização da imagem de uma pessoa poderão ser proibidas, a seu requerimento e sem prejuízo da indenização que couber, se lhe atingirem a honra, a boa fama ou a respeitabilidade, ou se se destinarem a fins comerciais”.

Corroborando com o que dizem a Constituição Federal 88 e o Código Civil, o Superior Tribunal de Justiça editou a Súmula 403, que diz: “Independe de prova do prejuízo pela publicação não autorizada da imagem de pessoa com fins econômicos ou comercias”.

Caso alguém publicar sem consentimento foto de outra pessoa no facebook sem fins econômicos ou comercias. Deverá comprovar que pediu a solicitação de exclusão da foto e que sofreu prejuízos por conta da publicação.  Ja no caso de alguém publicar sem consentimento foto de outra pessoa no facebook com fins econômicos ou comercias. A pessoa que foi fotografada, não tem que comprovar o prejuízo.

Claro que é difícil imaginar um filho processando um pai ou a mãe por conta de um motivo tão bobo quanto esse, mas a possibilidade realmente existe. Imagine que um pai ou uma mãe publica uma foto constrangedora de seu filho quando ele era criança e, anos depois, essa imagem passa a repercutir novamente de forma muito ruim. Se, por alguma razão, o vínculo fraternal não existir mais entre eles nesse momento, um processo poderia acontecer sem maiores problemas.

É difícil imaginar um filho processando o pai ou mãe por conta de um motivo tão bobo quanto esse. Ainda assim, é interessante que pais tomem cuidado ao disseminar fotos de suas crianças nas redes sociais. Existem várias formas criminosas de utilizar esse material para fins nefastos, incluindo o roubo de fotos de bebês por pessoas estranhas que fingem ser pais nas redes sociais. Ao que parece, isso de fato acontece.

Fonte: Com informação da TecMundo


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas para o WhatsApp: (69) 9987-6863 para envio. Não se esqueça de se identificar.


Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO 

Pai exige que filho se mude para o jardim como castigo por roubar

Published by:

Adam Boggus, um adolescente de 16 anos, não pensou duas vezes antes de roubar o iPod de sua irmã nova. No entanto, quando foi descoberto, seus pais definiram um castigo polêmico que dividiu as opiniões pós e contra. O adolescente passará todo o verão do hemisfério norte de 2016 em uma barraca instalada no jardim de sua casa, localizada no estado de Novo México, Estados Unidos.

Os pais do adolescentes  o senhor Jacob e a senhora Angela Boggus, também colocou como pena a ser cumprida que o adolescente aproveitasse este tempo no jardim para ler cinco livros e fazer um relatório sobre cada um deles. “Já terminei um e estou prestes a terminar outros dois,” comentou Adam à revista People. Alguns dos títulos escolhidos são ‘Fora do Comum’, de Tony Dungy; ‘O Apanhador no Campo de Centeio’, de J.D. Salinger; e ‘Ratos e Homens’, de John Steinbeck.

Apesar do castigo, os pais de Adam permitem que ele faça as refeições e tome banho em casa, além de dormir em seu próprio quarto. Embora tanto o jovem quanto seus pais tenham conseguido manter o castigo com normalidade (o mesmo teve início no final de maio), os vizinhos começaram a especular a respeito do que estava acontecendo.

Após notarem o adolescente dentro da barraca durante vários dias, decidiram chamar a polícia. Os vizinhos questionaram o estilo de criação dos Boggus, e afirmaram que não era possível deixar o jovem exposto a temperaturas de 37 graus centígrados.

A história se tornou notícia na imprensa local, que foi até a casa para entrevistar os vizinhos e os pais do menino. Embora alguns moradores classifiquem o castigo imposto como “terrível”, as autoridades não encontraram motivos para tomar ações legais em relação ao caso, de acordo com informações do canal KRQE.

Segundos os pais que não acreditam estar fazendo mal a seu filho. “Tentamos ensinar a ele uma lição, pois não é a primeira vez que rouba algo. Algumas pessoas até pensam que o castigo é leve por deixarmos que ele durma dentro de casa. No entanto, como às vezes há cobras e tarântulas por aqui, decidimos deixá-lo entrar a partir das 21 horas,” disse Angela, mãe de Adam, à revista People.

Apesar das críticas, o adolescente se mostrou consciente do castigo recebido por parte de seus pais. “Entendo por que estão fazendo isso,” comentou o jovem.

O próprio adolescente defende os pais diante das críticas da opinião pública. “Eu sei que errei, e por isso não quero que as pessoas julguem meus pais. Sei que me amam e não estão me maltratando de maneira alguma. Somente estão tentando me ensinar que o que fiz foi errado,” diz o adolescente.

Provérbios 29:15 afirma que “A vara e a repreensão dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma, envergonha a sua mãe”; e é justamente a consequência dessa sabedoria proverbial que nosso querido Brasil está enfrentando, na prática, hoje em dia, por proibir as palmadas: uma geração de crianças mimadas e mal educadas.

Fonte: Com informação Yahoo Noticias Brasil

Deixe sua opinião nos comentários respeito da punição dos pais que exigiu que filho se mude para o jardim até o fim do verão como castigo por roubar o ipod da irmã.


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas para o WhatsApp: (69) 9987-6863 para envio. Não se esqueça de se identificar.

25 de abril é o dia internacional contra a alienação parental

Published by:

Nesta segunda-feira, dia 25 de abril, é o dia internacional contra a alienação parental. Desde agosto de 2010, entrou em vigor, no ordenamento jurídico brasileiro, a Lei 12.318/2010 com o fim de combater a prática abominável e nociva à entidade familiar, sendo prejudicadas todas as figuras envolvidas, em especial, a criança ou adolescente alienado.

A alienação parental é a interferência na formação psicológica da criança ou do adolescente promovida ou induzida por um dos genitores, pelos avós ou pelos que a tenham sob a sua autoridade, guarda ou vigilância, para que repudie o outro genitor ou que cause prejuízo à manutenção de vínculos afetivos.

O responsável pela criança ou adolescente que cometer alienação parental pode ser multado, ter a guarda alterada ou até mesmo ser declarada a suspensão da autoridade parental, entre outros.

LEI Nº 12.318, DE 26 DE AGOSTO DE 2010.

Dispõe sobre a alienação parental e altera o art. 236 da Lei no 8.069, de 13 de julho de 1990.

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: 

Art. 1o  Esta Lei dispõe sobre a alienação parental. 

Art. 2o  Considera-se ato de alienação parental a interferência na formação psicológica da criança ou do adolescente promovida ou induzida por um dos genitores, pelos avós ou pelos que tenham a criança ou adolescente sob a sua autoridade, guarda ou vigilância para que repudie genitor ou que cause prejuízo ao estabelecimento ou à manutenção de vínculos com este. 

Parágrafo único.  São formas exemplificativas de alienação parental, além dos atos assim declarados pelo juiz ou constatados por perícia, praticados diretamente ou com auxílio de terceiros:  

I – realizar campanha de desqualificação da conduta do genitor no exercício da paternidade ou maternidade; 

II – dificultar o exercício da autoridade parental; 

III – dificultar contato de criança ou adolescente com genitor; 

IV – dificultar o exercício do direito regulamentado de convivência familiar; 

V – omitir deliberadamente a genitor informações pessoais relevantes sobre a criança ou adolescente, inclusive escolares, médicas e alterações de endereço; 

VI – apresentar falsa denúncia contra genitor, contra familiares deste ou contra avós, para obstar ou dificultar a convivência deles com a criança ou adolescente; 

VII – mudar o domicílio para local distante, sem justificativa, visando a dificultar a convivência da criança ou adolescente com o outro genitor, com familiares deste ou com avós. 

Art. 3o  A prática de ato de alienação parental fere direito fundamental da criança ou do adolescente de convivência familiar saudável, prejudica a realização de afeto nas relações com genitor e com o grupo familiar, constitui abuso moral contra a criança ou o adolescente e descumprimento dos deveres inerentes à autoridade parental ou decorrentes de tutela ou guarda. 

Art. 4o  Declarado indício de ato de alienação parental, a requerimento ou de ofício, em qualquer momento processual, em ação autônoma ou incidentalmente, o processo terá tramitação prioritária, e o juiz determinará, com urgência, ouvido o Ministério Público, as medidas provisórias necessárias para preservação da integridade psicológica da criança ou do adolescente, inclusive para assegurar sua convivência com genitor ou viabilizar a efetiva reaproximação entre ambos, se for o caso. 

Parágrafo único.  Assegurar-se-á à criança ou adolescente e ao genitor garantia mínima de visitação assistida, ressalvados os casos em que há iminente risco de prejuízo à integridade física ou psicológica da criança ou do adolescente, atestado por profissional eventualmente designado pelo juiz para acompanhamento das visitas. 

Art. 5o  Havendo indício da prática de ato de alienação parental, em ação autônoma ou incidental, o juiz, se necessário, determinará perícia psicológica ou biopsicossocial. 

  • 1o O laudo pericial terá base em ampla avaliação psicológica ou biopsicossocial, conforme o caso, compreendendo, inclusive, entrevista pessoal com as partes, exame de documentos dos autos, histórico do relacionamento do casal e da separação, cronologia de incidentes, avaliação da personalidade dos envolvidos e exame da forma como a criança ou adolescente se manifesta acerca de eventual acusação contra genitor. 
  • 2o A perícia será realizada por profissional ou equipe multidisciplinar habilitados, exigido, em qualquer caso, aptidão comprovada por histórico profissional ou acadêmico para diagnosticar atos de alienação parental.  
  • 3o O perito ou equipe multidisciplinar designada para verificar a ocorrência de alienação parental terá prazo de 90 (noventa) dias para apresentação do laudo, prorrogável exclusivamente por autorização judicial baseada em justificativa circunstanciada. 

Art. 6o  Caracterizados atos típicos de alienação parental ou qualquer conduta que dificulte a convivência de criança ou adolescente com genitor, em ação autônoma ou incidental, o juiz poderá, cumulativamente ou não, sem prejuízo da decorrente responsabilidade civil ou criminal e da ampla utilização de instrumentos processuais aptos a inibir ou atenuar seus efeitos, segundo a gravidade do caso: 

I – declarar a ocorrência de alienação parental e advertir o alienador; 

II – ampliar o regime de convivência familiar em favor do genitor alienado; 

III – estipular multa ao alienador; 

IV – determinar acompanhamento psicológico e/ou biopsicossocial; 

V – determinar a alteração da guarda para guarda compartilhada ou sua inversão; 

VI – determinar a fixação cautelar do domicílio da criança ou adolescente; 

VII – declarar a suspensão da autoridade parental. 

Parágrafo único.  Caracterizado mudança abusiva de endereço, inviabilização ou obstrução à convivência familiar, o juiz também poderá inverter a obrigação de levar para ou retirar a criança ou adolescente da residência do genitor, por ocasião das alternâncias dos períodos de convivência familiar. 

Art. 7o  A atribuição ou alteração da guarda dar-se-á por preferência ao genitor que viabiliza a efetiva convivência da criança ou adolescente com o outro genitor nas hipóteses em que seja inviável a guarda compartilhada. 

Art. 8o  A alteração de domicílio da criança ou adolescente é irrelevante para a determinação da competência relacionada às ações fundadas em direito de convivência familiar, salvo se decorrente de consenso entre os genitores ou de decisão judicial. 

Art. 9o  (VETADO) 

Art. 10.  (VETADO) 

Art. 11.  Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. 

Brasília,  26  de  agosto  de 2010; 189o da Independência e 122o da República. 

LUIZ INÁCIO LULA DASILVA
Luiz Paulo Teles Ferreira Barreto
Paulo de Tarso Vannuchi
José Gomes Temporão


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas para o WhatsApp: (69) 9987-6863 para envio. Não se esqueça de se identificar.

NASA vai pagar 1.000 por dia para ficar na cama e fumar maconha durante 70 dias

Published by:

Imagine um trabalho em que você receberia 1000 reais por dia, para ficar “sossegado e na moral”, apenas relaxando. Não, não é piada. Este “emprego” é oferecido pela NASA (National Aeronautics and Space Administration), que estão em busca de voluntários dispostos apenas a fumar maconha e ficar deitado por 70 dias seguidos. 

O trabalho em questão será remunerado em 18 mil dólares, equivalente a aproximadamente R$ 70 mil, segundo o site americano Health Cure Center. Mas quem acha que o trabalho é apenas fumar maconha e dormir, está muito enganado. O voluntário contratado pela NASA, devera fazer outras tarefas bem “difíceis”. Entre elas estão, ler uma série de livros, usar o bate-papo do Skype e jogar videogame. Acredite ou não, segundo a própria NASA, o objetivo dessa experiência é encontrar formas e maneiras de preservar a saúde dos astronautas que passam longos períodos em viagens espaciais.

O repouso é uma ótima maneira de simular a gravidade zero, que no caso, é ficar deitando após fumar maconha, que é utilizada para fins de relaxamento. Os cientistas também buscam compreender como a erva pode influenciar o organismo e o corpo das pessoas. Assim, a NASA poderá analisar com mais facilidade as alterações corporais sofridas pelos astronautas submetidos às viagens longas.

O contratado será submetido a uma bateria de testesO contratado pela NASA para o projeto ‘’cannabis’’ será submetido à uma bateria de exames e testes envolvendo sistemas circulatórios, nervoso e nutricional, além de testes cardíacos, ósseos e musculares. Também será avaliada a imunidade do corpo contra infecções.

Os pesquisadores poderão compreender como as condições fisiológicas das pessoas inseridas no contexto de gravidade zero afetarão o processo das missões e poderão avaliar a capacidade do ser humano em executar tarefas específicas neste caso.  E você amigo leitor (a), teria coragem de fumar maconha em nome da ciência e de 1000 reais durante 70 dias seguidos.

Fonte: Com informação Via Blasting News


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas, contos, historias e artigos para o WhatsApp: + 55 (69) 9.9987-6863. Não se esqueça de se identificar.

Menino de 5 anos se torna o funcionário da Microsoft

Published by:

Aos cinco anos de idade, Ayan Qureshi fez história ao passar no teste do Certificado Profissional da Microsoft. O garoto inglês de família paquistanesa acaba de se tornar o funcionário mais jovem do mundo na gigante empresa de computação.

Consultor de Tecnologia da Informação, Asim – pai de Ayan – afirma que desde os três anos de idade o garoto se interessa por computadores. “Dei o primeiro computador aos três anos e já deixava brincar com umas máquinas antigas. E qualquer coisa que eu falasse ele lembrava no dia seguinte. Então comecei a alimentá-lo com mais informação”.

Asim também contou como não vê a exposição do seu filho a tal quantidade de informação como um problema: “o uso excessivo de computadores nessa idade pode ter um efeito negativo, mas, no caso de Ayan, ele aproveitou uma oportunidade”.

Encarando o teste como gente grande, o jovem menino de cinco anos e 11 meses de idade assustou os funcionários da Microsoft quando chegou para realizar o teste. Em entrevista à BBC, Ayan contou que achou o exame “difícil, mas divertido”. Para o pai, a maior dificuldade foi a complexidade dos termos: “o mais desafiadorfoi explicar a linguagem do teste a um menino de cinco anos. Mas ele pareceu entender e tem uma memória muito boa”.

A mãe do garoto afirma que está “muito, muito orgulhosa” com a conquista de Ayan. Com seu próprio laboratório de computação em casa – funcionando a partir de uma rede de informática criada por ele mesmo -, o menino passa aproximadamente duas horas do seu dia focado nisso.

Ayan, inclusive, já construiu seu próprio site – com algumas informações básicas de sua história. Na entrevista, o jovem contou que deseja abrir uma própria empresa e que sonha em criar uma região semelhante ao Vale do Silício no Reino Unido.

Fonte:  REVISTAGALILEU.GLOBO.COM


Curta a página oficial Canal Conselho Tutelar no facebook e indique para seus amigos e familiares.

Voz da mãe desempenha papel na ativação do cérebro do recém-nascido

Published by:

Voz da mãe desempenha papel na ativação do cérebro do recém-nascido Resultados de estudo mostraram que conversa materna ativa as partes do cérebro responsável pela aprendizagem da linguagem.

CD134EB675AE756CF6C6C774F7FDC117Pesquisadores da Universidade de Montreal, no Canadá, descobriram que a voz da mãe ativa as partes do cérebro responsável pela aprendizagem da linguagem.

A equipe de pesquisa da universidade fez a descoberta após a realização de gravações elétricas em recém-nascidos nas 24 horas seguintes ao seu nascimento. Os sinais cerebrais também revelaram que, embora as crianças reagissem às vozes de outras mulheres, estes sons ativaram somente as partes de reconhecimento de voz do cérebro.

“Esta é uma pesquisa interessante que comprova, pela primeira vez, que o cérebro do recém-nascido responde fortemente a voz da mãe e mostra, cientificamente falando, que a voz da mãe é especial para os bebês”, disse o pesquisador a líder do estudo, Maryse Lassonde.

A exploração do cérebro não havia sido realizada em participantes tão jovens antes deste estudo.

“Nós aplicamos eletrodos na cabeça de 16 bebês enquanto eles estavam dormindo e pedimos à mãe para fazerem um curto som da vogal “A”. Em seguida, repetimos o exercício com uma enfermeira do sexo feminino. Quando a mãe falou, os exames mostraram muito claramente as reações no hemisfério esquerdo do cérebro e, em especial no processamento da linguagem. Inversamente, quando a enfermeira desconhecida falou, o hemisfério direito do cérebro reagiu. O hemisfério direito está associado com reconhecimento de voz.”

A voz especial que a mãe usa para se comunicar com seus bebês é reconhecida cientificamente. Os pesquisadores levaram em conta este fato, envolvendo uma enfermeira que é mãe, e também combateram o aspecto “novidade”, organizando para que a mãe se encontrasse com a enfermeira, em intervalos regulares antes do nascimento. Finalmente, a análise de discurso foi usada para garantir que a voz da mãe e as vozes da outra mulher fossem suficientemente comparáveis.

Os pesquisadores já sabiam que os bebês têm alguma capacidade de linguagem inata, mas eles estão apenas começando a entender o que essas capacidades são e como elas funcionam.

Para a equipe, esta pesquisa confirma que a mãe é a iniciadora primária da linguagem e sugere que há uma ligação entre a aquisição da linguagem neurobiológica pré-natal e das habilidades motoras envolvidas na fala.

Fonte: Isaude