Category Archives: Artigos & Opiniões

Crianças: Infância Perdida

Published by:

Jose-Aparecido-Goncalves-AlineObra Aline – Uma criança é sequestrada por um louco e levada a um local solitário e agreste. Mas seu intento em relação à pequena é simplesmente suprir a falta que lhe faz a sua filha, levada pela mãe para longe dos seus braços, além de ter alguém que lhe faça companhia e que ouça as suas histórias.

O homem temeroso, porém, de perder essa criança como perdeu a filha, não hesita em praticar um crime hediondo que o levará à cadeia e a seguir ao manicômio.

E embora o realismo e magia que cercam sua vida alternada por momentos de loucura e lucidez, pode ser que essa criança nem mesmo exista, não passando de uma criação da sua paranoia ou ser, meramente, uma faceta da sua personalidade desajustada.

Leia na integra a obra Aline

Cristiano-Sousa-O-Jornaleiro

Obra O Jornaleiro – É comum, nos dias de hoje, ouvirmos falar sobre trabalho infantil. Cristiano Sousa narra com muita propriedade o assunto neste livro, pois, na sua infância, vendeu jornais nas ruas de Salvador, e, através desta experiência, criou o personagem ‘Nico’, que nos revela todas as mazelas e a exploração destes pequeninos. 

Leia na integra a obra O Jornaleiro


Hemerson Gomes Couto. Bacharel em Direito pela Faculdade Integrada de Cacoal – UNESC. É especialista em direito da criança e do adolescente, Escritor, Blogueiro, Advogado e Consultor.


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas para o WhatsApp: (69) 9987-6863 para envio. Não se esqueça de se identificar. Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO 

11 de Agosto dia do Advogado

Published by:

O advogado é aquele que, como estudioso das leis e que acompanha a evolução e mudança destas na labuta diária, sabe observar o desrespeito aos direitos individuais ou coletivos e de pessoas físicas ou jurídicas. Junto à Justiça o advogado encaminha as petições solicitando a Justiça. Para pessoas acusadas o advogado é aquele que atua na defesa, a fim de que prove inocência, se for o caso, ou para que a pena seja somente na medida do que prevê a lei.

A função essencial e social do Advogado encerra no seu bojo questões de extrema relevância para a sociedade. O ministério privado ou publico da advocacia é função indispensável para o bom funcionamento da justiça conforme proclama a Constituição da Republica Federativa do Brasil. Cumpre mencionar que não é apenas a justiça que não pode prescindir da advocacia, mas o Estado Democrático de Direito também é dependente do nobre ofício dos advogados.

Quando buscamos uma sociedade mais justa e fraterna, a atividade profissional do advogado assume papel decisivo, especialmente pela contribuição a desempenhar para o estabelecimento da Democracia estruturada e praticada com a participação da sociedade como um todo.

Essa função a ser exercida pela advocacia na construção de uma Democracia para o Século XXI, centrada na proteção dos direitos fundamentais da pessoa humana, neste sentido lembramos as citações de Hermann Assis Baeta: “o advogado é, antes de tudo, um cidadão que não fica à margem, acima ou abaixo da conceituação destinada ao ser político… o  cidadão-advogado”.  tem um poder de participação superior ao cidadão comum na construção da Democracia, vez que capacitado juridicamente em face de sua formação acadêmica e de um treinamento cotidiano a que o exercício profissional o impele, podendo discernir e influir de forma mais eficiente e eficaz na persecução da Democracia, da Ética e da Justiça.

O Bom Advogado é aquele que sempre encontra a melhor forma de Unir a Ética ao Direito na busca da Justiça. Parabéns Doutores pelo seu dia, pelo seu trabalho e pelo que representa nas relações humanas. Uma homenagem da Editora JusRO 


O blog é aberto a todos, mesmo que você não concorde, sinta-se livre para expressar suas opiniões no espaço de comentário logo abaixo. 

Lembrando: Para evitar problemas jurídicos o Site JusRO não aceitará qualquer tipo de Comentários Ofensivos, por mais ‘inocentes’ que sejam contra qualquer tipo de pessoa, instituições ou Grupo Religiosos.


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas, contos, historias e artigos para o WhatsApp: + 55 (69) 99987-6863. Não se esqueça de se identificar.


Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO 

RESUMO: O Mito da Caverna de Platão

Published by:

O mito relata a historia de  prisioneiros que desde o nascimento vivem presos em correntes numa caverna e que passam todo tempo olhando para a parede do fundo que é iluminada pela luz gerada por uma fogueira. Nesta parede são projetadas sombras de estátuas representando pessoas, animais, plantas e objetos, mostrando cenas e situações do dia-a-dia. Os prisioneiros ficam dando nomes às imagens (sombras), analisando e julgando as situações.

Vamos imaginar a seguinte situação um dos prisioneiros fosse forçado a sair das correntes para poder explorar o interior da caverna e o mundo externo. Entraria em contato com a realidade e perceberia que passou a vida toda analisando e julgando apenas imagens projetadas por estátuas.

Ao sair da caverna ele entrar em contato com o mundo real fica encantado com os seres de verdade, com a natureza, com os animais e etc. Ele Volta para a caverna para passar todo conhecimento adquirido fora da caverna para seus colegas ainda presos. Porém, seria ridicularizado ao contar tudo o que viu e sentiu, pois seus colegas só conseguem acreditar na realidade que ver na parede iluminada da caverna. Os prisioneiros vão o chamar de louco, ameaça-lo de morte caso não pare de falar daquelas ideias consideradas absurdas.

Muitos nós temos essa visão distorcida da realidade. Assim como no mito, nós somos como os prisioneiros não enxergamos e acreditamos apenas nas imagens criadas pela cultura, conceitos e informações que recebemos durante toda a nossa vida.

A caverna  simboliza o mundo, pois nos apresenta imagens que não representam a realidade. Somente é possível conhecer a realidade, quando nos deixamos libertar das influências culturais e sociais, ou seja, quando saímos da caverna.

E para saímos da caverna precisamos de conhecimento, pois somente através do conhecimento é que nos libertamos, veja o que diz Paulo a Carta Romanos 15.14 a respeito do Conhecimento  E certo estou, meus irmãos, sim, eu mesmo, a vosso respeito, de que estais possuídos de bondade, cheios de todo o conhecimento, aptos para vos admoestardes uns aos outros”.  Só o CONHECIMENTO pode nos libertar da opressão (Caverna).

Fonte: Resumo do Livro Mito da Caverna de Platão

Hemerson Gomes Couto. Bacharel em Direito pela Faculdade Integrada de Cacoal – UNESC, Pós-graduado em Direito Constitucional pela Faculdade Integrada de Cacoal – UNESC. É especialista em direito da criança e do adolescente, Escritor, Blogueiro, Consultor.


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas para o WhatsApp: (69) 9987-6863 para envio. Não se esqueça de se identificar. Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO 

O que é Bullying?

Published by:

 

Bullying é o ato de causar intencionalmente infelicidade para os outros através de agressão verbal ou agressão física.  Não há, na verdade, nenhuma definição legal de assédio moral. Na linguagem coloquial, o bullying frequentemente descreve uma forma de assédio perpetrado por um agressor que possui mais áreas físicas ou sociais de poder e dominação que a vítima.

A vítima do assédio moral é muitas vezes referida como um alvo. O assédio pode ser verbal, físico e / ou emocional. O pesquisador norueguês Dan Owelus define bullying quando uma pessoa é exposta, repetidamente e ao longo do tempo, a ações negativas por parte de uma ou mais pessoas. Ele define a ação negativa quando uma pessoa intencionalmente inflige dano ou desconforto a outra pessoa, através do contato físico, ou através de palavras.

Clica nos links abaixo e baixe os artigos e cartilhas a respeito do assunto:

Cartilha sobre bullying nas escolas

Um olhar sobre condutas agressivas na relação entre alunos

 As mídias sociais e a globalização do bullying

O que é bullying?

O fenômeno bullying e suas implicações na realidade de uma escola da rede particular de Recife – Um estudo de caso 


O blog é aberto a todos, mesmo que você não concorde, sinta-se livre para expressar suas opiniões no espaço de comentário logo abaixo. 

Lembrando: Para evitar problemas jurídicos o Site JusRO não aceitará qualquer tipo de Comentários Ofensivos, por mais ‘inocentes’ que sejam contra qualquer tipo de pessoa, instituições ou Grupo Religiosos.


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas, contos, historias e artigos para o WhatsApp: + 55 (69) 99987-6863. Não se esqueça de se identificar.


Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO 

Bullying – Explicativo para escolas

Published by:

 

Bullying, um mal que deve ser evitado preste bem atenção senhores  Professores – Uma dica que a equipe deste Blog da ao senhores que baixe esse vídeo e leve para sala de aula e faça com os alunos possa refletir a respeito do tema.


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas para o WhatsApp: (69) 9987-6863 para envio. Não se esqueça de se identificar.


Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO 

Ensaio sobre a ditadura da beleza líquida

Published by:

“E se nós fôssemos todos cegos?”, ao que ele mesmo responde: “Mas nós estamos realmente todos cegos! Cegos da razão, cegos da sensibilidade…”. (José Saramago)

Nunca a sociedade viveu tanto na caverna de Platão quanto nos tempos atuais. Nunca as pessoas se contentaram tanto com a sobra da mentira disfarçada de simulacro da realidade. A sociedade moderna encontra-se num momento em que o sentimento dá lugar ao senso das experiências sintéticas, das belezas fabricadas, dos valores líquidos e da coisificação da vida humana.

A beleza perdeu sua essência, seu encanto e ganhou preço, tamanho, forma e marca. Ter é mais belo do que ser. Ter um corpo talhado é mais belo do que conquistar uma alma pura e uma mente sã e culta. Ter coisas de incalculável valor monetário é mais belo do que ser detentor do senso para observar as sutilezas dos momentos mais simples da vida.

A cada período se passa, a humanidade procura a beleza de suas carcaças, a simetria perfeita das formas que vestem suas almas, e esquecem por completo, da pureza de suas naturezas. A beleza não é mais a conquistada com o burilar do caráter e com generosidade dos atos cotidianos, mas sim, com a forma exterior fabricada por meio da reconstrução estética que, pode ser comprada e vendida com a finalidade de satisfazer o narcisismo, a lasciva e vaidade mesquinha da alma.

Jovens desejam satisfazer sentimentos sexuais cada vez mais primitivos, desejam relações intersubjetivas cada vez mais fugazes e imediatistas. Em nenhuma outra época foi tão fácil ter sexo e, ao mesmo tempo, tão difícil se conquistar amor.

Com isso concluí-se que essa moderna beleza sintética esvazia a mente, prostitui a dignidade, apodrece o coração e degenera os valores da verdadeira beleza da natureza humana. Mas, o pior deste conceito é a sua incontestável contribuição para as brutalidades do ser humano. Esse conceito fechado e genérico de beleza plástica acarreta sobremaneira para propagação da intolerância, do preconceito e da violência, pois, as pessoas costumam rechaçar as próprias incapacidades e frustrações quando tripudiam as características físicas do outro.

A capacidade de aceitar a si próprio como um ser perfeito dentro de suas condições naturais, e por isso, detentor de beleza única em sua singularidade, consiste no caminho para a pacificação das relações sociais.

Acredito que a beleza, enquanto característica de notável admiração social deve nascer do binômio caráter e atitude. Esse binômio é capaz de cativar as emoções mais puras nas relações sociais, porque imprime na alma a afeição inabalável da beleza interior de quem cativa.

Sendo assim, não poderá qualquer noção massificada fugaz, nem ação deletéria do tempo na plasticidade no corpo físico, abalar a essência da beleza cativada na alma.

Ao passo que, a mera beleza física não passa de um momento de parnasianismo passageiro, uma vez que não passa de uma visão distorcida da realidade.

A realidade é que, apenas o sentimento de bem querer essencial é capaz de tornar qualquer pessoa bela, como de fato é.

A construção plástica de uma simetria física da estrutura humana, nunca fará do corpo algo verdadeiramente belo e perfeito, livre dos defeitos, manchas, e imperfeições que, vez por outra são maquiados.

Neste sentido, temos o ensinamento de José Saramago numa metáfora alusiva a Romeu e Julieta em que fica demonstrado que apenas a beleza plástica do corpo não é capaz de arraigar simpatia duradoura na alma.

“Se o Romeu da história tivesse os olhos do falcão, certamente, não se apaixonaria pela Julieta, porque os olhos dele não veriam uma pele agradável de ver. Porque com a acuidade visual do falcão, não mostraria a pele tal qual a vemos.”

Ao fim, concluí-se que noção moderna de beleza física cultua uma estética passageira e extremamente deteriorável, que serve apenas, para satisfazer fins egoístas de uma ditadura social. Ao passo que a beleza interna é construída com experiências de vida, sentimentos que aperfeiçoam a psique e oportunizam o encanto pela essência do caráter. E está beleza é inesgotável, atemporal e imune aos modismos da ditadura socioeconômica.

Por que a felicidade da vida em ver a beleza em todas as coisas e criaturas do mundo está num pequeno segredo de Antoine de Saint-Exupéry :

“(…) só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos. Os homens esqueceram essa verdade, mas tu não a deves esquecer. Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas.”

Apenas no dia em que a humanidade se tornar sensível às sutilezas da beleza interior, apenas do dia em que homens, mulheres e crianças puderem ver através da janela da alma é que teremos o verdadeiro sentido da beleza. E então, será neste dia que construiremos o verdadeiro respeito, o sincero amor e conquistaremos a tão almejada pequena medida de paz chamada felicidade.

Autor do Texto: Alexandre Saldanha. OAB-PR nº 47.535, Advogado, Cientista, Escritor, Palestrante, Ativista Social, Blogueiro; Pós-graduado em Direito Civil, Pós-graduado e Direito Processual Civil, Especialista em Bullying
Especialista em Mobbing. Fundador da Liga Anti-Bullying no Facebook

Fonte:  Texto extraido do blog alexandresaldanhaadvogadoantibullying.blogspot.com.br


O blog é aberto a todos, mesmo que você não concorde, sinta-se livre para expressar suas opiniões no espaço de comentário logo abaixo. 

Lembrando: Para evitar problemas jurídicos o Site JusRO não aceitará qualquer tipo de Comentários Ofensivos, por mais ‘inocentes’ que sejam contra qualquer tipo de pessoa, instituições ou Grupo Religiosos.


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas, contos, historias e artigos para o WhatsApp: + 55 (69) 99987-6863. Não se esqueça de se identificar.


Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO 

Resenha: Livro Criança na Escuridão

Published by:

Crianças na Escuridão

Criança na Escuridão é um livro do Autor Júlio Emílio Braz pela Editora – Moderna contava a Estória de  Doca, Batata, Pidona, Santinha, Pereba, Maria Preta, Maria Branca e Rolinha são meninas que foram abandonadas por seus pais nas ruas e, a partir daí, aprenderam como sobreviver nas ruas das grandes cidades.
As meninas, para sobreviver, catavam e depois vendiam papel e papelão. Doca, a líder de todas, estabeleceu algumas regras para o grupo como: quem não trabalhasse, não comia nada.
Agora, para não perder a graça do livro , vou parar de contar a Estória. Quer saber mais trate de ler o livro e descubra as aventuras, confusões e brigas das oito garotinhas de rua contadas por Júlio Emílio Braz.


Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO 

Como evitar Pornografia com crianças na Internet

Published by:

Saiba como proteger seus filhos.

1 Mantenha o computador em uma área comum da casa. Não deixe no quarto da criança usuária da Internet por ser diferente de um móvel ou de um livro.

2 Acompanhe a criança quando utilizar computadores de bibliotecas.

3 Navegue algum tempo com a criança internauta. Da mesma forma que você ensina sobre o mundo real, guie-o no mundo virtual.

4 Aprenda sobre os serviços utilizados pela criança, observe suas atividades na Internet. Caso encontrem algum material ofensivo, explique o porquê da ofensa e o que pretende fazer sobre o fato.

5 Denuncie qualquer atividade suspeita. Encoraje a criança a relatar atividades suspeitas, ou material indevido recebido.

6 Caso suspeite que alguém online está fazendo algo ilegal, denuncie-o às autoridades policiais ou ao site censura.com.br.

7 Estabeleça regras razoáveis para a criança. Discuta com ela as regras de uso da Internet, coloque-as junto ao computador e observe se são seguidas. As regras devem, por exemplo, estabelecer limites sobre o tempo gasto na Internet.

8 Se necessário, opte por programas que filtram e bloqueiam sites. Encontre um que se ajuste às regras previamente estabelecidas.(Indicamos o NetFilter Família.)

9 Monitore sua conta telefônica e o extrato de cartão de crédito. Para acessar sites adultos, o internauta precisa de um número do cartão de crédito e um modem pode ser usado para discar outros números, além do provedor de acesso à Internet.

10 Instrua a criança a nunca divulgar dados pessoais na Internet, por exemplo, nome, endereço, telefone, escola e o e-mail em locais públicos, como salas de bate-papo. É a versão moderna do “nunca fale com estranhos”. Recomende que a criança utilize apelidos, prática comum na Internet e uma maneira de proteger informações pessoais.

11 Conheça os amigos virtuais da criança. É possível estabelecer relações humanas benéficas e duradouras na Internet. Contudo, há muitas pessoas com más intenções, que tentarão levar vantagem sobre a criança.

12 Cuide para que a criança não marque encontros com pessoas conhecidas através da Internet, sem sua permissão. Caso permita o encontro, marque em local público e acompanhe a criança.

13 Aprenda mais sobre a Internet. Peça para a criança ensinar a você o que sabe e navegue de vez em quando.

Fonte: Recebido Via E-mail autoria desconhecemos imagem do Google imagens


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas para o WhatsApp: (69) 9987-6863 para envio. Não se esqueça de se identificar.


Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO 

Clonagem

Published by:

Clonagem


 

O blog é aberto a todos, mesmo que você não concorde, sinta-se livre para expressar suas opiniões no espaço de comentário logo abaixo. 

Lembrando: Para evitar problemas jurídicos o Site JusRO não aceitará qualquer tipo de Comentários Ofensivos, por mais ‘inocentes’ que sejam contra qualquer tipo de pessoa, instituições ou Grupo Religiosos.


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas, contos, historias e artigos para o WhatsApp: + 55 (69) 99987-6863. Não se esqueça de se identificar.


Conheçam, Acompanhem, CURTAM: JusRO 

Você sabe o que Pedófilo?

Published by:

Pedófilo, é todo o indivíduo adulto que sofre de um grave distúrbio de conduta sexual, com desejo compulsivo por crianças ou adolescentes, podendo ter característica homossexual ou heterossexual. Nem todos indivíduos que manter relação sexual  com criança ou adolescente pode ser considerado pedófilo, pois pedofilia é um distúrbio psicológico e tem diagnosticado por profissional habilitado ou seja um psicológico  e não profissional da impressa ou delegado de policia que diz que o individuo preso praticando relação sexual com criança ou adolescente seja pedófilo.

A divulgação de imagem ou vídeo com cenas de sexo explicito com criança ou adolescente pela internet não é pedofilia e sim pornografia infantil e tem  que se combatido.

Lute, denuncie esta causa também é sua. Você tem duas escolhas fica calado ou denunciar. Não se esqueça quem cala consente.  Disque 190 da policia Militar da sua cidade ou através do Disque 100 da secretaria dos Direitos Humanos valido para todo o Brasil.

Fonte: Com informação do TJRO


Envie sua Sugestão de pauta, denúncia, fotos, videos, piadas para o WhatsApp: (69) 9987-6863 para envio. Não se esqueça de se identificar.


Curta a página oficial Canal Conselho Tutelar no facebook e indique para seus amigos e familiares.