Daily Archives: 19/07/2017

Grave: Facebook censura páginas católicas por ser cristã

Published by:

O dia 18 de julho de 2017 jamais será esquecido pelos cristãos de todo o mundo. Na noite de segunda-feira, centenas de paginas Cristãs foram bloqueadas ou excluídas sem um prévio aviso, informaram seus administradores.

Entre tais páginas está a fanpage Papa Francisco Brasil, que conta com mais de 4 milhões de seguidores. O seu administrador, Carlos Renê, contou que percebeu “que a página foi tirada do ar por volta das 22h do dia 17 de julho”.

Renê informou:

“O único aviso do Facebook foi uma mensagem no topo da página: ‘Your page has been unpublished’ (Sua página foi ‘despublicada’), dando uma opção para contestação. Já fiz isso, mas até agora a página permanece bloqueada”.

O Padre Augusto Bezerra, o qual relatou que: “se isso for verdade e as páginas católicas estiverem sendo excluídas, é algo preocupante”. O sacerdote listou 21 páginas católicas que foram bloqueadas ou banidas da rede social nas últimas 24 horas.

Vitima vira réu: cunhado de Ana Hickmann vai ser julgado por homicídio

Published by:

A juíza mineira Ámalin Aziz Sant’ana confirmou a denúncia do Ministério Público contra Gustavo Correa, cunhado da apresentadora Ana Hickmann, por homicídio simples. A decisão foi publicada no Diário Oficial Mineiro. A magistrada já havia aceitado a posição do órgão em julho do ano passado. O pedido por homicídio doloso, quando há intenção de matar, foi aceito pela juíza Ámalin Aziz Sant’ana.

 Na fase de inquérito o Delegado de Polícia Civil pediu o arquivamento do processo pelo reconhecimento de legítima defesa. Nesta fase do processo, a juíza analisou os argumentos da defesa apresentados após a denúncia ter sido aceita. Em seu despacho, ela afastou neste momento as alegações de legítima defesa e deu prosseguimento à ação.

O advogado de defesa de Gustavo Correa, Maurício Bemfica, disse que a decisão já era esperada por ser uma prática comum entre os magistrados. “É muito difícil que haja uma retificação na decisão dela”, disse. Agora, a juíza deve marcar uma audiência para que as testemunhas sejam ouvidas.

Entenda o caso

Rodrigo, que era de Juiz de Fora, na Zona da Mata, estava hospedado no mesmo hotel que Ana Hickmann. Segundo o boletim de ocorrência, ele rendeu Gustavo e o obrigou a ir até o quarto de Ana, onde também estava a mulher dele, Giovana, que é assessora da apresentadora.

As duas mulheres deixaram o quarto no momento em que Gustavo começou a lutar com Rodrigo. Na luta, Rodrigo foi morto com três tiros. Giovana contou, em depoimento, que o “fã” falou em “roleta russa”. Após ser baleada, Giovana ficou internada em um hospital de Belo Horizonte até o dia 25 de maio, quando foi transferida para São Paulo. Giovana ficou internada no Hospital Sírio Libanês até o dia 2 de junho, quando teve alta.

No perfil que Rodrigo mantinha no Instagram, todos os posts eram relacionados à apresentadora, que o fã dizia amar. O delegado de Homicídios Flávio Grossi disse que a família de Rodrigo Augusto de Pádua sabia do fascínio doentio de Rodrigo pela modelo.

GUSTAVO RECEBE APOIO NA WEB E REFLETE: ‘ENFRENTAREI DE CABEÇA ERGUIDA’

 “Fiz o que tinha que ser feito para salvar minha família e me manter vivo. Meu muito obrigado a todos que estão me dando força e indignados: famosos, anônimos e pessoas que nunca vi na vida. Seja qual for a decisão, enfrentarei de cabeça erguida. Se a lei é absurda, precisamos trabalhar para mudá-la para que a vítima não vire réu”, agradeceu ele em sua conta no Instagram, na tarde desta terça-feira (18). Alexandre Correa, marido da artista, também mostrou indignação na web: “Isso é uma vergonha! Tem que mudar as leis desse país urgente”.

Fonte: Com informação do Purepeople e do G1,